Música

Viúvo de Paulinha Abelha lança música com homenagem póstuma; VÍDEO

A cantora morreu após complicações decorrentes de problemas renais.

Por Carolina de Morais, Portal A8SE 03/05/2022 09h48
Viúvo de Paulinha Abelha lança música com homenagem póstuma; VÍDEO
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Após a morte de Paulinha Abelha por complicações renais, o viúvo da cantora lançou uma música para homenageá-la nesta segunda-feira (2). O projeto está disponível nas plataformas digitais e foi divulgado através das redes sociais.

"‘Para Sempre Paulinha’ é uma homenagem póstuma em forma de música para o grande amor da minha vida!", disse Clevinho Santana em uma publicação.

A composição possui uma melodia baseada na música 'Paulinha' da banda Calcinha Preta, que foi regravada com a última interpretação dela.

Letra de 'Para Sempre Paulinha'

Não há versos que eu conheça
Nem palavras que descrevam
Toda dor causada no meu coração
Não há um só minuto que eu não pense em ti
Meu grande amor
Ao meu Deus do céu imploro, olho sua foto e choro
Será tão difícil não te ver no show
O teu sorriso não vai mais brilhar para mim
Oh meu amor!
Paulinha, me diz como é que eu faço?
Paulinha, me tira essa dor
Paulinha
Faz falta o seu abraço
Paulinha
Por que me deixou?

Reportagem

O lançamento foi registrado, com exclusividade, pelo Domingo Espetacular. Acompanhe a reportagem a seguir:

Internação após turnê

Paulinha foi hospitalizada no dia 11 de fevereiro, em Aracaju, após sentir um mal-estar e retornar de uma turnê com a banda em São Paulo.

Com diagnóstico de insuficiência renal aguda, o quadro evoluiu para hepatite, coma profundo e agravamento de lesões neurológicas, que ocasionaram em um comprometimento multissistêmico. Os médicos responsáveis pelo tratamento suspeitavam que o uso excessivo de tratamentos estéticos, como chás diuréticos e remédios para emagrecer, provocaram uma intoxicação medicamentosa e uma "cascata de inflamação" pelo corpo.

A certidão de óbito da artista sergipana, registrada no dia 23 de fevereiro, apontou quatro causas da morte: meningoencefalite, hipertensão craniana, insuficiência renal aguda e hepatite.

Segundo as informações do exame, os rins dela apresentava uma necrose tubular aguda (NTA) muito acentuada, que contribuiu para um agravamento no quadro de insuficiência renal aguda diagnosticado enquanto a artista estava internada. A amostra, por sua vez, não identificou as causas da doença.

Os dois dias de velório com cerimônias abertas ao público contaram com homenagens, orações e muita comoção. Paulinha Abelha era casada com o influenciador digital Clevinho Santos e planejava ter filhos.

Carreira

Natural de Simão Dias, Paula de Menezes Nascimento Leça Viana, conhecida como Paulinha Abelha, nasceu em 1978 e iniciou a carreira artística com apenas 12 anos em trios elétricos pela região.

Desde criança esbanjava simpatia em concursos escolares e cantava no coral da igreja. Ela teve passagens por bandas sergipanas de forró, como Flor de Mel, Furação e Panela de Barro, onde conheceu o cantor Daniel Diau.

Em 1998, teve o talento reconhecido pelo empresário e diretor da banda Calcinha Preta, Gilton Andrade. Com a banda, um dos grupos de forró eletrônico de maior sucesso no Brasil, gravou músicas como Baby Doll, Armadilha, Abra o Meu Coração e Louca Por Ti, tendo a sensualidade como uma de suas características marcantes.

Entre idas e vindas, a cantora ficou na banda por 17 anos e foi homenageada com uma música que leva seu nome, "Paulinha". O grupo de forró gravou um DVD de 25 anos em 2020 e estava retornando às agendas de shows após suspenderem as apresentações durante a pandemia.