Sergipe

16/05/2018 às 09h50

Mulher denuncia homem que a mantinha em cárcere privado e a obrigava fazer vídeos pornográficos

Redação Portal A8

No município de Simão Dias, a polícia civil prendeu em flagrante um homem por suspeita de cárcere privado, estupro e exploração sexual. O flagrante aconteceu na última segunda-feira (14) quando a vítima procurou a delegacia após conseguir escapar do cárcere, ela foi acompanhada por uma irmã, menor de idade que também afirmou ser aliciada pelo agressor. O abuso acontecia dentro da própria casa há dois anos.

A prisão foi efetuada pela equipe do delegado Clever Farias do município de Simão Dias, segundo o depoimento da vítima, o homem de 25 anos mantinha a companheira trancada em casa, a obrigava a filmar cenas eróticas e a praticar sexo. O delegado confirmou ao Portal A8SE que ele vendia as imagens para sites pornográficos e recebia 8 mil reais por mês, ele sobrevivia disso.  

Na casa foram apreendidos um computador, uma filmadora, roupas e materiais eróticos na residência do casal. “Ficamos surpresos com o estado de abalo emocional da vítima e frieza do agressor que afirmava que tudo era consentido, dando a entender que T.A.S. é portador de algum tipo de psicopatologia” conclui o Delegado Clever Farias.

O delegado informou ainda que o agressor tem atestado que comprova uma doença com sintomas semelhantes a esquizofrenia. O delegado Clever Farias vai indiciar o agressor também por aborto, a vítima estava grávida em 14 de julho de 2015 e a criança não nasceu, com o documento em mãos há a comprovação e poderá fazer um novo indiciamento.