Sergipe

10/08/2020 às 16h20

Profissionais da Oncologia do Huse recebem cartas de apoio e gratidão dos voluntários do GACC

SES

O sentimento foi um só, gratidão. Quem pensou em acolher foi acolhido com palavras de carinho demonstradas através de dezenas de cartas

Foto: SES
que foram distribuídas com os funcionários do Centro de Oncologia do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). Eles foram surpreendidos na manhã desta segunda-feira, 10, com a visita de representantes do Grupo de Apoio a Criança com Câncer (GACC). Uma forma de reconhecimento pelo trabalho e empenho dos profissionais que não medem esforços para salvar vidas, mesmo diante da pandemia da Covid-19.

“A princípio eu estava com um projeto para fazer com as crianças da oncologia, sou voluntária do GACC e trabalho com as crianças da Ala P toda sexta feira e com a pandemia não podemos visitar, eu conversei com minha coordenadora e sugeri fazer essas cartinhas, muita gente se uniu e produziu a carta que foi recheada com amor e uns doces para alegrar a vida. Quis aproveitar esse momento e usar as palavras que têm poder de uma forma positiva e encorajadora. Muita gente se emocionou ao produzir essas cartas e a emoção de cada profissional foi lindo, gratificante”, explicou Mônica de Oliveira, voluntária e diretora de iniciativa financeira do GACC.

Para quem recebeu uma das cartas, deixou escapar o maior sentimento que vem do coração: o amor. Esse reconhecimento é muito bom e gratificante para quem está na batalha, tentando fazer o melhor para o paciente. Eu só tenho que agradecer a lembrança tão especial. Homenagem linda, principalmente nesse momento de pandemia, de correria, onde falta o abraço, o beijo, essa palavra de carinho, com certeza, está preenchendo essa lacuna. Só posso agradecer e destacar minha alegria per esse momento tão especial. Continuem assim, isso ajuda muito as pessoas”, ressaltou a física médica, Katiúcia Bomfim.

“Me sinto feliz pelo reconhecimento do nosso trabalho e agradeço pelo carinho desses voluntários conosco”, enfatizou o técnico em radioterapia, Antônio Joaquim Smith.

“A gente está num momento muito frágil por tudo isso com as crianças que já tem um diagnóstico de uma doença tão ruim e de repente vem a pandemia, então nosso coração fica partido. Eu me sinto muito grata de cuidar delas e fazendo a diferença na vida delas, saber que tem esse reconhecimento e recebendo esse carinho é fundamental”, disse a técnica de enfermagem, Lucineide Bastos.

Para a “Pra mim é tudo, principalmente porque a gente sabe que o pouco que cada um ajuda, faz a diferença. Essas crianças precisam de muito carinho, a gente sabe que essa é uma doença que ninguém merece, a gente faz com muito amor. Estou muito feliz com essa homenagem e vou guardar com o maior carinho do mundo”, declarou a técnica de enfermagem, Maria Ivonete Oliveira.

“Foi gratificante essa ação. É uma forma de reconhecer o trabalho desses profissionais que atuam na Oncologia do Huse. Todos os profissionais que são envolvidos na Oncologia do médico a equipe da limpeza, muitas vezes, não são lembrados como deveriam, são criticados, passam despercebidos e vimos nessa ação uma forma de levar esse reconhecimento a todos. Precisamos trabalhar a humanização e mostrar que é um trabalho que precisa cada vez mais ser humanizado, tanto com os pacientes quanto com os profissionais. Eles são verdadeiros guerreiros”, afirmou Fred Gomes, supervisor do GACC.

 


Fonte: SES