Sergipe

06/08/2020 às 15h22

Ação conjunta cumpre mandado de prisão contra suspeito por homicídios em Riachuelo

SSP/SE

Na tarde dessa quarta-feira (5), policiais civis e militares lotados em Riachuelo cumpriram um mandado de prisão contra Diego Bonfim Teles Sousa, conhecido como “Diogo Gêmeo”, suspeito de homicídios no município.

O indivíduo de alta periculosidade estava escondido numa casa, trancada. Todo o perímetro do quarteirão foi cercado para evitar que ele conseguisse fugir ao cerco. Na ação, o suspeito correu e tentou fugir, mas foi rendido e preso.

Contra ele foram decretados dois novos mandados de prisão, em investigações de homicídios qualificados. Comentários na cidade davam conta de que, desde que saiu do presídio, tinha uma lista de desafetos para matar.

As investigações da Polícia Civil apontam que o último homicídio ocorrido, de um indivíduo envolvido com roubos e tráfico, conhecido por “Dudu”, foi praticado por ele. Interrogado ele negou o cometimento do crime.

Em 2018, o investigado foi preso na operação Geminus, acusado de chefiar organização criminosa envolvida no tráfico de drogas, roubos e homicídios na região do Cotinguiba.

A operação Geminus foi uma ação que ocorreu em abril de 2018 e contou com um total de 100 policiais civis, um efetivo composto por delegados e agentes do Centro de Operações Especiais (Cope), Departamento de Narcóticos (Denarc), Grupo Especial de Repressão e Busca (Gerb), delegados do interior coordenados pela Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (COPCI) e Coordenadoria de Polícia Civil da Capital (Copcal). A operação na época cumpriu 22 mandados de prisão e 24 de busca e apreensão. Participaram também da ação, policiais militares de Riachuelo, da Companhia Independente da PM de Laranjeiras e do Grupamento Tático Aéreo (GTA).


Fonte: SSP/SE