Sergipe

01/06/2020 às 15h18

“Exposed” em Aracaju: mulheres usam redes sociais para relatar casos de abuso e assédio

Redação Portal A8

Em Aracaju, mulheres estão usando as redes sociais para relatar e expor abusos e assédios psicológicos, físicos e morais que sofreram recentemente

Print Instagram
ou no passado com a finalidade de tentar punir os agressores e, inclusive, alertar demais vítimas. A mobilização é chamada de Exposed Aracaju.

Com a #exposedaracaju, internautas conseguiram ficar em destaque na rede social, Twitter – entrando no rol do trendig topic, ou seja, o assunto mais comentado, principalmente no sábado (30) quando o movimento na capital sergipana ficou com maior evidência.

Após a repercussão, um perfil foi criado no Instagram (@exposdaju) e já há o registro de mais de cinco mil seguidores. A conta é aberta e pode ser acompanhado por qualquer pessoa. Porém, alguns relatos são fortes e necessitam da supervisão de responsáveis. Até o momento, existem mais de 20 relatos.

As publicações são feitas por um administrador, mas que não está identificado. Por conta da discussão em torno do tema, o perfil já sofreu ataque hacker nesta segunda-feira (1) e uma conta extra também foi criada, caso algum imprevisto ocorra e impeça as mulheres de realizarem as respectivas denúncias.

Exposed

A mobilização denominada como “exposed”, que no inglês significa expor, vem ganhando notoriedade nacional, principalmente nas capitais brasileiras. A ação faz com que a vítima perceba que não é a única a sofrer assédio – dessa maneira, usando as redes sociais, ocorre a multiplicação de vozes e denúncias de crimes que ocorrem contra, especificamente, a mulher.