Sergipe

07/05/2020 às 15h07

Tamanduá, iguana e jiboia são vistos circulando em áreas urbanas de Aracaju

Redação Portal A8

Em virtude da quarentena, onde menos pessoas circulam nas vias públicas, os bichos parecem que andam preferindo surgir com mais frequência

Foto: Adema
diante da traquilidade. Nesta quinta-feira (7), por exemplo, a equipe da Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema) realizou o resgate de  um tamanduá, iguana e jiboia em áreas urbanas de Aracaju.

Segundo o relatório da Adema, o tamanduá (com nome científico Tamandua tetradactyla) foi encontrado correndo no estacionamento de uma empresa. “por se tratar de uma área de muito movimento o animal foi contido e solicitado o resgate. Após o recebimento da solicitação a equipe se deslocou ao local onde foi identificado um indivíduo macho jovem, o mesmo encontrava-se saudável estando apto à soltura. Dessa forma, foi realizada soltura em área vegetada conforme ocorrência da espécie”, aponta.

Além do tamanduá, a Adema também resgatou uma iguana. De acordo com o relato do denunciante, o réptil se estava no corredor da residência, no bairro Aeroporto. “informou ainda que o animal se apresentava um pouco agressivo. A equipe se deslocou ao local onde foi identificado um indivíduo adulto de Iguana, o mesmo encontrava-se apto a soltura. Assim procedeu-se a soltura conforme ocorrência da espécie”, registrou o relatório.

Já no bairro Porto D’Antas, a Adema atendeu outro chamado – dessa vez uma jiboia (com nome científico Boa constrictor). A cobra estava no telhado de uma casa. “Ao chegar ao local a equipe verificou se tratar de um indivíduo jovem popularmente conhecido como jibóia com cerca de 1m de comprimento que estava estressado pela movimentação no local. A equipe procedeu o resgate e posteriormente realizou a soltura”, informou.