Sergipe

05/05/2020 às 10h19

Unidade Materno Infantil do Hospital Universitário está 78% pronta

Ebserh

As obras da Unidade Materno Infantil do Hospital Universitário, localizada no Campus da Saúde, em Aracaju, já estão em fase final, confirmando a previsão feita no início do ano de que o prédio será entregue ainda em 2020. Segundo o professor Jorge Gonçalves, chefe da Divisão de Projetos da Universidade Federal de Sergipe, exatas 78% das obras já estão executadas.

“Neste momento, estão sendo instalados cabeamento e câmeras nos 3º, 4º e 5º pavimentos, execução de piso vinílico em todos os andares, finalização do Centro Cirúrgico, polimento do piso de alta resistência do térreo e finalização da subestação”, informa o chefe do Dipro, da Superintendência de Infraestrutura da UFS.

“Faltam alguns ajustes de final de obra e revisões, tipo infiltração, reparos hidráulicos, limpeza, retoques de pintura, forro em algumas salas no térreo, luminárias em algumas salas, sinalização de alertas de emergência”, acrescenta Jorge Gonçalves, observando que todas as recomendações estão sendo atendidas para que as obras prossigam com o mínimo de risco para os envolvidos nesse tempo de pandemia do coronavírus.

300 partos mensais

Em dezembro passado, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebsehr) garantiu os R$ 4,2 milhões necessários para a UFS concluir as obras da Unidade Materno Infantil do Hospital Universitário, um prédio de mais de 7 mil m², com seis pavimentos e 118 leitos previstos.

A Unidade Materno Infantil terá capacidade para realizar cerca de 300 partos mensais. O prédio contará com UTI Neonatal, UTI Adulto, UTI Pediátrica, leitos de Enfermaria e Berçário. O benefício para usuários do SUS é imediato, dada a carência de leitos maternos enfrentada hoje em Sergipe.

“Teremos residência em ginecologia, obstetrícia, em várias áreas que farão parte de uma capacitação profissional de qualidade, e nossos jovens terão espaço para garantir a sua formação”, comentou o reitor Angelo Antoniolli, lembrando que esse é um sonho antigo, que vem da época da criação da Faculdade de Medicina, há quase 60 anos.

“Além da expansão da infraestrutura do hospital, no que diz respeito ao atendimento dos pacientes, a unidade será um reforço para a preparação de estudantes e residentes da área da saúde. Hoje, por falta de campos de prática, há um déficit nas áreas de ensino e pesquisa em ginecologia, obstetrícia, saúde da mulher e pediatria, o que deve ser desenvolvido com a entrega e funcionamento da Unidade Materno Infantil”, confirmou a superintendente do Hospital Universitário, professora Angela Maria da Silva.

Obras paralisadas

As obras foram iniciadas em 2010, mas suspensas em 2011 por falência da construtora responsável. Resolvidos os trâmites burocráticos entre a confirmação de falência da empresa, rompimento/cancelamento do contrato, pesquisas de mercado e readequação da planta, foi contratada então uma segunda construtora, cumprindo-se rigorosamente um novo processo licitatório. Porém, esta segunda empresa também faliu.

No início de 2018, após o processo licitatório realizado no ano anterior, foi entregue finalmente à construtora responsável a nova ordem de serviço para execução das obras de conclusão, reforma e adequação da Unidade Materno Infantil do HU-UFS.

O contrato, orçado em cerca de R$ 15,7 milhões inicialmente, está orçado hoje em R$ 19,6 milhões. Parte significativa da verba para a construção da Unidade Materno Infantil foi proveniente de emendas individuais e coletivas apresentadas pelos parlamentares federais sergipanos, inclusive por alguns que já não estão em Brasília.

A previsão de entrega do prédio é para este ano, mas com atendimento parcial, pois serão adquiridos ao longo de 2020 e de 2021 os equipamentos necessários ao funcionamento pleno.


Fonte: Ebserh