Sergipe

18/03/2020 às 18h20

Defesa Civil reforça necessidade de cuidados após alerta de chuvas fortes em Aracaju

Agência Aracaju de Notícias

Após receber o aviso emitido pelo Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) na segunda-feira (16), sobre a possibilidade de  chuvas fortes e ventos intensos até a noite desta quarta-feira (18) a Prefeitura de Aracaju, por meio da Defesa Civil Municipal - órgão vinculado à Secretaria Municipal da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), reforça aos aracajuanos a necessidade de tomar medidas preventivas, especialmente àqueles que moram em áreas de risco, e atenção redobrada aos efeitos do clima.

A previsão é que um volume entre 50 e 80 milímetros de chuva caia sobre a capital nas próximas horas. Então, logo que recebeu a notícia o prefeito Edvaldo Nogueira reuniu os membros do Comitê de Gerenciamento de Crises para que os órgãos municipais estejam preparados para agir rapidamente de acordo com a incidência da precipitação e levando em consideração os efeitos da epidemia do coronavírus (convid19).

Uma das medidas fundamentais já colocadas em prática pela administração municipal foi emitir alerta para telefones móveis, via mensagem de texto, aos mais 35.000 aracajuanos cadastrados pelo número 40199. “O alerta ainda está em vigor, portanto todas as nossas equipes continuam sob alerta para atuar com celeridade nas ruas e minimizar os transtornos. Além disso, uma nova indicação para os próximos dias também chegou, então os órgãos continuam mobilizados.  A Defesa Civil, em especial, está de prontidão para atender chamadas e vistoriando as áreas de risco”, afirma o secretário da Defesa Social e da Cidadania e coordenador do Comitê de Gerenciamento de Crises, coronel Luís Fernando Almeida. 

A intenção é que os cidadãos possam tomar precauções a fim de evitar situações graves, especialmente as pessoas que moram em locais já mapeados pela Defesa Civil como inseguros. “Em relação às pessoas que moram em áreas com riscos de deslizamentos é recomendado que observem no perímetro da encosta do morro se há inclinação de árvores, rachaduras no solo em na própria casa e movimentação de terra. No caso das chuvas virem acompanhadas de descargas atmosféricas é importante que se evite terrenos descampados, como praias, campos abertos, sítios, entre outros”, explica o coordenador da Defesa Civil de Aracaju, major Silvio Prado.

Como há possibilidade de fenômenos atmosféricos ocorrerem, como raios e relâmpagos, observar os ambientes e contatar as autoridades em caso de suspeitas é imprescindível. “É preciso evitar ambientes aquáticos, tanto o mar ou piscinas. A atenção redobrada aos arredores é importante também em caso de ventos fortes, quando os aracajuanos precisam prestar atenção nas placas de publicidade, nas árvores presentes nas calçadas, ou mesmo nas residências, seja nos vidros ou nas coberturas das garagens. De qualquer forma, ao notar algo estranho é possível acionar a Defesa Civil pelo número 199”, reforça Silvio.  

 

 


Fonte: Agência Aracaju de Notícias