Sergipe

01/06/2017 às 09h49

Operação integrada São João de Paz fiscaliza e registra prisões em todo o estado de Sergipe

SSP/SE

Foto: SSP/SE
A Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE), por meio das polícias Civil e Militar, deflagrou na tarde dessa terça-feira, 30, a operação “São João de Paz”. A ação, que contou com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Guarda Municipal de Aracaju, visa intensificar o enfrentamento conjunto ao crime e à violência no período que antecede os festejos juninos, principalmente coibindo a entrada de drogas e armas de fogo no Estado.

O trabalho resultou de maneira positiva, com destaque para o número de pessoas e veículos abordados, bem como para o cumprimento de mandados de prisão e flagrantes. O trabalho preventivo da Polícia Militar contou com o trabalho de 703 homens distribuídos em diversos pontos da capital e interior sergipano, sendo intensificado nos municípios que fazem divisa com outros estados. Foram realizadas 9.956 abordagens a pessoas e veículos, resultando na apreensão de 46 veículos, confecção de dois autos de prisão em flagrante, apreensão de três armas de fogo e 102 autos de infração de trânsito lavrados.

A operação ocorreu na terça-feira, 30, no período compreendido entre 14h e meia noite. Na presente data, não houve registro de homicídios no estado, reforçando o caráter preventivo da operação “São João de Paz”. No caso da Polícia Civil, foram registradas ao longo das ações 28 prisões, entre mandados e flagrantes; além da apreensão de três adolescentes. O Disque Denúncia 181, bem como o aplicativo Disque Denúncia SE foram ferramentas importantes nesse processo e apontam que o cidadão tem sido parceiro dos órgãos que compõem a Segurança Pública.

A Guarda Municipal de Aracaju contribuiu significativamente com o trabalho na capital sergipana, tendo em vista o emprego de 40 guardiões do Grupo Especializado de Moto patrulhamento (GEM), da Ronda da Capital (Rondac) e do Grupo Tático Operacional (GTO). As ações estiveram concentradas nos seis terminais de integração da capital, resultando em dezenas de abordagens, apreensão de entorpecentes e armas brancas.

No caso da PRF, o efetivo trabalhou na fiscalização das rodovias federais, principalmente nas divisas do Estado, em parceria com a Polícia Militar. Durante as abordagens a veículos de passeio, motocicletas e ônibus, os policiais efetuaram a prisão de Valdson Cristiano Jesus dos Santos, em cumprimento a mandado de prisão pelo crime de latrocínio, no momento em que ele trafegava em uma motocicleta e foi abordado. Valdson estava na condição de foragido da justiça.

 

Prisões em destaque

No município de Lagarto, foram presos Pedro Fontes de Carvalho, 69 anos; Saulo Santos Santana, 35 anos; Tarcisio Rodrigues Andrade, 32 anos; e Geraldo Santos Silva, 50 anos. A prisão ocorreu em cumprimento a mandados de prisão e busca e apreensão relacionados a crimes de tráfico de drogas, homicídios, roubos e porte ilegal de arma de fogo.

Pelo crime de tráfico de drogas foram presos: Jonas Santos Balbino, Saulo Henrique dos Santos Silva e Ane Graziely dos Santos Silva. Os dois primeiros foram presos em flagrante pelas equipes da 4ª Delegacia Metropolitana, em posse de 31 pinos de cocaína, três pedras de crack, além da quantia R$ 1.500,00. Já Ane Graziely foi presa no município de Propriá, em posse de 22 papelotes de maconha e uma balança de precisão.   

Por fim, as equipes da 11ª Delegacia Metropolitana efetuaram a prisão de Thiago Ferreira de Moraes, acusado de duplo homicídio contra a ex-esposa e o atual companheiro dela, crime ocorrido no município da Barra dos Coqueiros. Thiago foi preso em Gararu, onde estava escondido desde a prática do crime.


Fonte: SSP/SE