Sergipe

09/10/2015 às 15h08

Previdência privada pode ser alternativa para garantir segurança financeira no futuro

Marília Macedo/ Portal A8SE

Pensar nas finanças em longo prazo não tem sido uma tarefa das mais fáceis para os brasileiros, afinal, atualmente a população do país canarinho precisou reaprender a conviver com a crise financeira. Para os especialistas, é preciso avaliar o consumo para precaver o bolso de maiores problemas. Mas, falando em planejamento das finanças no futuro, o que você tem feito para cuidar disso?

Presidente do Sincor-SE aconselha consultar um corretor de seguros antes de definir o plano

O mais comum é ouvir pessoas afirmando que a contribuição para a previdência social já está mais do que suficiente. Em visita recente ao Estado de Sergipe, o ministro da previdência social, Carlos Eduardo Gabas, afirmou que atualmente a previdência social tem passado por muitos desafios. “Precisamos lidar com muito cuidado com a previdência, é uma área muito sensível, a previdência passa por uma situação de muitos desafios, um deles é o envelhecimento da população, pois as pessoas estão vivendo mais, a expectativa de vida tem aumentado ano a ano, então isto traz um desafio que deve ser encarado como natural, a previdência não pode ser responsabilizada por todos os problemas atuais da economia”, afirmou.

São por estes desafios que o consultor financeiro Rubens Dias aconselha não confiar apenas na previdência social como segurança financeira para o futuro. “Existem outras formas de se poupar e garantir o futuro muitas vezes incerto, e uma outra que podemos citar é a Previdência Privada. Manter-se apoiado apenas na Previdência Social como garantia de estabilidade financeira para o futuro, não acredito ser uma boa alternativa, pode no máximo ser parte dessa tão sonhada aposentadoria”.

Previdência Privada

A previdência privada não está ligada ao sistema do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e é uma opção para quem deseja a acumular recursos para garantir uma renda mensal no futuro. O presidente do Sindicato dos Corretores de Seguros do Estado de Sergipe (Sincor-SE), Érico Melo Nery, explicou que a previdência privada pode ser usada não apenas no momento da aposentadoria, mas para qualquer objetivo a longo prazo. “O Plano de Previdência Complementar pode ser feito não apenas como um plano para a aposentadoria, mas pode ser para qualquer coisa que se deseja fazer no futuro".

Vitor Mattos decidiu fazer um plano de previdência privada

Preocupando-se com estas mudanças na economia, o corretor de imóveis Vitor Mattos, optou por começar a pagar um plano de previdência privada. “Sou profissional autônomo, a necessidade de uma previdência privada é crucial para garantir uma aposentadoria programada, e depois de conversar com pessoas que fizeram recentemente, decidi pesquisar na internet em sites de grandes seguradoras, em seguida procurei uma corretora de seguros para entender mais esse produto e acabei fechando uma previdência privada”.

Ainda para o presidente do Sincor-SE, antes de tomar qualquer decisão sobre qual plano escolher, é importante consultar um corretor. “Antes de contratar qualquer plano de seguro, como por exemplo, a previdência privada, é importante que sejam avaliadas várias questões mais técnicas, fundamentais para garantir a segurança no investimento, e ter um corretor como parceiro é um grande auxílio para esta contratação”.


Fonte: Marília Macedo/ Portal A8SE