Sergipe

13/12/2011 às 15h16

PF prende jornalista acusado de tráfico internacional de drogas

Redação Portal A8
Cartilhas com pontos de LCD – material que armazena o entorpecente. A imagem retrata uma Deusa Indiana. (Divulgação PF)

Policiais Federais cumpriram na manhã de hoje, 13, mandado de prisão e de busca e apreensão expedidos pela Vara Única da Justiça Federal de Vitória da Conquista/BA, em desfavor de Kaike Mateus Lamoso, 26 anos, natural de Ipiaú/BA, acusado de tráfico internacional de entorpecentes.

O indivíduo, que já havia sido preso em flagrante pela PF/SE com 7 gramas da droga sintética conhecida como MMDA (metilenodioximetanfetamina), em outubro deste ano, estava atualmente em liberdade provisória. Foi detido em sua residência no Bairro 13 de Julho, onde foram apreendidos três notebooks e documentos que comprovam seu pedido de naturalização espanhola.

A Operação Conexão Barcelona foi deflagrada pela Polícia Federal de Vitória da Conquista, onde foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão, visando desarticular grupo dedicado ao tráfico internacional de drogas sintéticas.

Há também mandado de busca e de prisão a ser cumprido pela INTERPOL para um brasileiro residente em Barcelona, na Espanha, o qual seria o responsável pela remessa de micropontos de LSD para diversas pessoas no Brasil, que aqui os revendiam para usuários de classe média e alta.

Todo o esquema foi descoberto devido à interceptação de uma remessa de micropontos de LSD para o endereço de um dos investigados residente em Vitória da Conquista. Periciado o material, foi confirmado que se tratava da substância proscrita denominada dietilamida do ácido lisérgico. A partir de então, foram reunidas informações que permitiram realizar o acompanhamento do grupo, ao qual eram encomendados os micropontos de LSD, e que fazia as remessas para o Brasil.

Em Aracaju, cerca de 10 (dez) policiais federais participaram da operação. O preso foi encaminhado à Delegacia Plantonista, onde permanece à disposição da Justiça Federal.

Fonte: Ascom PRF