Sergipe

27/09/2009 às 18h57

Coronel Iunes deixa comando do Policiamento da Capital

Redação Portal A8

Diante dos últimos acontecimentos que envolveram, a filha de 14 anos do comandante do Comando do Policiamento Militar da Capital (CPMC), coronel Iunes

Coronel Iunes foi acusado de espancar e torturar psicologicamente um jovem de 20 anos porque estava em companhia da filha dele de 14 anos. (Foto: SSP)

e um estudante de 20 anos, praticante de jiu-jítsu, a SSP vem a público informar que o comandante do CPMC pôs o seu cargo à disposição  e o secretário  João Eloy aceitou.

 

O secretário da Segurança ainda determinou ao comandante-geral da PM que instaure sindicância para apurar os fatos à luz da legislação militar, assim como também determinou à Coordenadoria de Polícia Civil da Capital a instauração de inquérito policial para apurar eventual prática de ilícito, à luz da legislação penal afeta às crianças e adolescentes.

A Secretaria de Estado da Segurança Pública esclarece, ademais, que nenhum incidente dessa natureza será capaz de atingir a credibilidade que a Polícia Militar conquistou nos últimos meses, intensificando o número de prisões e o combate incansável à criminalidade, amedrontando e desestimulando os delinquentes que atuavam em Sergipe, fato que vem sendo demonstrado pelos excelentes índices de aprovação apresentados pela SSP junto à população em geral.

Iunes será substituído pelo coronel Salvador Braulino Sobrinho, atual diretor do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (CIOSP).

Com informações da Ascom/SSP