Sergipe

Vistoria no COMPECAN acaba com apreensão de drogas

Foram apreendidos quase um quilo de maconha e pedras de crack, além de celulares

30/09/2015 19h52
Vistoria no COMPECAN acaba com apreensão de drogas
A8SE

Durante vistoria em uma das alas do Complexo Penitenciário Manoel Carvalho Neto (COPEMCAN), agentes penitenciários encontraram drogas escondidas em travesseiros, colchões e até mesmo no meio de alimentos. Foram apreendidos quase um quilo de maconha e pedras de crack, além de celulares.

De acordo com o presidente do sindicato dos agentes prisionais, Cláudio Viana, essa apreensão é preocupante. "Essa revista foi feita em apenas uma das dez alas existentes nos cinco pavilhões do complexo, a quantidade de drogas é muito grande", relatou o presidente que ressaltou. "Isso é reflexo de problemas estruturais, de efetivo e de falta de condições de trabalho", denunciou.

Ainda segundo Cláudio Viana, falta no complexo a construção de um processo disciplinar focado na punição das faltas graves pertinentes ao comportamento dos presos. Para o representante dos agentes, é preciso intensificar a fiscalização na portaria, toda e qualquer entrada deve ser inspecionada. "Qualquer tipo de material está sendo usado para transportar drogas e celulares para o presídio", explicou.

De acordo com os agentes, dois internos foram apontados como responsáveis pela drogas, são eles Antônio Marcos Vieira Cruz e Daniel  Alfredo dos Santos,  a dupla foi encaminhada a Delegacia Plantonista, onde foi aberto um inquérito policial para investigar os responsáveis pela facilitação na entrada do material dentro do Complexo. Os dois acusados vão responder por mais um crime, o que irá aumentar o tempo de cumprimento da pena da dupla.

 

 

Tags: