Ato criminoso

Suspeito de atirar pedras contra profissionais da imprensa em Capela é identificado

O homem foi reconhecido após prestar um boletim de ocorrência.

Por Carolina de Morais e Jéssika Magalhães, Portal A8SE 05/07/2022 11h00
Suspeito de atirar pedras contra profissionais da imprensa em Capela é identificado

Um homem, de 28 anos, foi identificado como um dos suspeitos de atirar pedras contra profissionais da imprensa durante a cobertura da Festa do Mastro, em Capela, no último domingo (3). A informação foi divulgada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) nesta terça-feira (5).

As informações do suspeito foram recebidas através de uma denúncia anônima. Ele mora em Aracaju e foi reconhecido após prestar um boletim de ocorrência informando que havia arremessado apenas lama, conforme a tradição do evento. A lama, por sua vez, estava petrificada.

O homem será intimado para prestar depoimento na Delegacia de Capela, responsável pelas investigações. Informações sobre outros envolvidos na ação criminosa podem ser repassadas pelo Disque-Denúncia 181. O sigilo é garantido.

Entenda o caso

No momento da agressão, duas equipes de reportagem da TV Atalaia estavam em cima de um mini trio elétrico. Em um vídeo registrado por um dos profissionais, é possível os vândalos arremessando pedras, pedaços de madeiras e garrafas de vidro contra as vítimas.

A jornalista Jéssika Cruz foi atingida no olho, mas não ficou ferida. Outro repórter do Canal Elétrico, Genildo Gois, teve a camisa rasgada e sofreu um corte na cabeça.

Em nota de repúdio, o Sistema Atalaia de Comunicação lamentou o ocorrido e reinvidincou a abertura de um inquérito policial para responsabilização dos responsáveis.

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Sergipe (Sindijor) e a Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) também emitiram nota de repúdio. Veja na íntegra: