Campanha

Campanha convoca doadores de sangue em Sergipe para Paulinha Abelha

Em coma, a vocalista da banda Calcinha Preta permanece hospitalizada com quadro neurológico grave e insuficiência renal.

Por Redação do Portal A8SE 22/02/2022 08h38
Campanha convoca doadores de sangue em Sergipe para Paulinha Abelha
Foto: reprodução redes sociais da cantora

Uma campanha do Instituto de Hematologia e Hemoterapia de Sergipe está convocando doadores de sangue dos tipos O- e O+ para ajudar no tratamento da cantora Paulinha Abelha, de 43 anos, que permanece hospitalizada com quadro neurológico grave e insuficiência renal. A informação foi compartilhada nas redes sociais da instituição nesta segunda-feira (21).

A publicação solicita que os interessados procurem uma das unidades de atendimento. O serviço funciona de segunda a quinta, das 7h às 17h; nas sextas até 16h; e aos sábados, das 8h às 12h.

Entre os pontos disponíveis, estão:

  • Posto Central Aracaju: Rua Guilhermino Rezende (Bairro Salgado Filho);
  • Unidade Lagarto: Centro Médico José Vieira Filho (Praça Filomeno Hora);
  • Unidade Itabaiana: Maternidade São José (Centro);
  • Unidade Nossa Senhora do Socorro: Shopping Prêmio (Conjunto Marcos Freire II).
{{value.image}}
Instituição faz campanha para doação de sangue

Para doar, é necessário atender as seguintes orientações: quem recebeu reforço vacinal contra Covid-19 ou antibiótico, apresentou sintomas da síndrome gripal ou realizou extração dentária deve aguardar 7 dias; quem foi submetido a cirurgia dentária deve aguardar 6 meses; e quem realizou ato sexual sem preservativo não pode doar.

O órgão ainda explica que as pessoas aptas a doar passarão por uma triagem e depois serão encaminhadas para uma sala de coleta.

Internação

Paulinha Abelha foi hospitalizada no dia 11 de fevereiro, quando sentiu um mal-estar na turnê da banda Calcinha Preta em São Paulo e decidiu retornar de viagem. Ela teve complicações após ser diagnosticada com problemas renais. As causas da doença devem ser divulgadas no final da tarde desta terça-feira (22).

Em entrevista ao programa Cidade Alerta da TV Atalaia, a irmã da cantora, Carla Abelha, comentou sobre os sintomas apresentados antes da internação. “Chegou a informação de que ela estava se sentindo mal, vomitando e a gente imaginou que poderia ser uma gravidez. Quando chegou ao hospital, já foi identificado que tinha um probleminha nos rins e houve a insuficiência renal”, disse.

Alguns dias depois, o quadro agravou e a cantora foi transferida para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Em coma, chegou a apresentar instabilidade neurológica, infecção e está sendo submetida a procedimentos de diálise. A junta médica, por sua vez, descartou uma possível morte cerebral.

Segundo o último boletim médico, a paciente está 'em processo de investigação clínica', respirando com ajuda de aparelhos, sem sinais de instabilidade hemodinâmica e necessitando de suporte renal dialítico.

Carreira

Natural de Simão Dias, a trajetória na música começou com apenas 12 anos em trios elétricos pela região. Paula de Menezes Nascimento Leça Viana ingressou na banda Calcinha Preta em 1998. Na época, ela foi indicada pelo cantor Daniel Diau, que também havia acabado de ser contratado.

Com a banda, um dos grupos de forró de maior sucesso da música brasileira, ela já gravou músicas como Baby Doll, Armadilha, Abra o Meu CoraçãoLouca Por Ti. Além disso, também integrou as bandas Panela de Barro e Flor de Mel.

Suspensão de shows

A direção do grupo emitiu um comunicado suspendendo os shows agendados até o dia 10 de março, em virtude da internação.

No anúncio, a banda informa que estima a recuperação da cantora e pede a compreensão de todos. "Esperamos retomar a agenda em breve, quando houver condições para a realização dos compromissos. Pedimos a todos para manter as orações e vibrações positivas voltadas à querida Paulinha”, relata.