Aracaju

Sindimed se pronuncia sobre médico afastado após denúncia de abuso sexual contra paciente

Vítima tem 16 anos e o caso aconteceu no Hospital Fernando Franco, no bairro Farolândia, em Aracaju

Por redação Portal A8SE 19/08/2022 14h45
Sindimed se pronuncia sobre médico afastado após denúncia de abuso sexual contra paciente
foto: reprodução/divulgação ascom PMA

O Sindicato dos Médicos do Estado de Sergipe (Sindimed) se pronunciou, através de nota, sobre o profissional afastado por suspeita de abuso sexual contra uma paciente de 16 anos, no Hospital Fernando Franco, no bairro Farolândia, em Aracaju.

Na nota, o sindicato afirma que “é veementemente contra qualquer tipo de violência”, pontua que “é extremamente importante que o Estado venha a dar toda assistência a usuária, com resguardo de sua imagem, realização de exame médico laboratorial junto ao Instituto Médico Legal e auxílio inclusive psicológico que o caso pode vir a requerer”.

O Sindimed solicita que a investigação seja rigorosa para “possibilitar ao Poder Judiciário, após o contraditório a ampla defesa, definir sobre existência ou não do fato criminoso”.

O caso

A vítima tinha ido para escola, mas passou mal e foi encaminhada para unidade hospitalar. O médico proibiu a entrada da mãe da vítima, em seguida, após minutos, a menina saiu chorando e gritando, relatando o que teria acontecido. O médico não foi encontrado pela polícia na unidade, pois já tinha fugido do local.

Agora, o caso segue sendo investigado pela Polícia Civil até comprovar se o profissional estava ou não envolvido na prática do crime.