Investigação

Família de mulher morta dentro de casa em Aracaju oferece retrato falado de suposto mandante

Suspeitos do crime já estariam fora do estado de Sergipe, segundo reportagem da TV Atalaia

Por Redação A8SE 28/07/2021 17h12
Família de mulher morta dentro de casa em Aracaju oferece retrato falado de suposto mandante
Maria do Socorro Santos Filho, 38, foi assassinada a tiros dentro de casa no dia 5 de julho. Imagem: Reprodução/TV Atalaia/Redes sociais

A família da mulher assassinada a tiros dentro de casa no bairro São José, Região Central de Aracaju, no dia 5 de julho, ofereceu à Polícia Civil da capital um retrato falado do suposto mandante do crime nesta quarta-feira (28).

Na última terça-feira (27), familiares de Maria do Socorro Santos Filho, 38, haviam fornecido à polícia retrato falado do suspeito de executar a ação criminosa.

{{value.image}}
Retrato falado do suposto mandante do crime

De acordo com reportagem da TV Atalaia, os dois principais suspeitos envolvidos no crime fugiram de Sergipe e estariam escondidos em um sítio localizado no município de Trampolim da Vitória, no Rio Grande do Norte.

Ainda segundo reportagem da emissora, mais pessoas poderiam estar envolvidas no crime. A Polícia Civil não se pronunciou sobre as informações apuradas pela TV Atalaia.

A família de Filho diz acreditar que o assassinato foi motivado por disputa por patrimônio. O marido da mulher havia assinado uma procuração que a autorizava a gerir os seus bens de forma integral. O fato teria causado desentendimento entre um dos filhos do homem e ela.

Em entrevista à TV Atalaia, parentes da vítima afirmaram que o executor do crime era próximo à família e tinha fácil acesso à residência onde o assassinato ocorreu.

O caso segue em investigação no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil de Aracaju. Informações podem ser repassadas à polícia através do Disque-Denúncia (181). O sigilo do denunciante é garantido. Confira a reportagem completa da TV Atalaia.