Saúde

Poliomielite pode voltar a ocorrer no Brasil caso o país não aumente a cobertura vacinal

A cobertura vacinal para a doença caiu para 79%, menor índice desde 1994

Por redação Portal A8SE 21/09/2022 16h34
Poliomielite pode voltar a ocorrer no Brasil caso o país não aumente a cobertura vacinal
Foto: Reprodução

A Opas (Organização Pan-Americana da Saúde) alertou que o Brasil, República Dominicana, Haiti e Peru correm alto risco de que casos de poliomielite voltem a ocorrer. A declaração foi feita nesta quarta-feira (21).

O principal motivo para a preocupação é a baixa cobertura vacinal da doença nesses países, que caiu para cerca de 79%, o menor índice desde 1994.

O Brasil, que não há registro de infectados desde 1989, chegou a receber o certificado de erradicação da doença em 94, emitido pela Opas. No entanto, nos últimos dez anos, a cobertura vacinal da poliomielite no país caiu de 96,5% (2012) para 61,3% (2021).

Poliomielite: em Aracaju, apenas 20% das crianças foram vacinadas

Com baixa adesão, campanha contra poliomielite e multivacinação é prorrogada em Sergipe

Atualmente, o Ministério da Saúde está em campanha nacional de vacinação contra a poliomielite e multivacinação para atualização da caderneta da criança menor de 15 anos.

Porém, os dados do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DataSUS) mostram que a adesão às vacinas neste público ficou abaixo de 50%. Em razão disso, a campanha foi prorrogada até o dia 30 de setembro.