Mundo

22/09/2009 às 10h50

Irmãos devolvem pacote encontrado com cerca de R$ 157 mil

Redação Portal A8

Dois irmãos que pescavam em um rio perto de Limore, cidade da zona rural no norte do Estado australiano de New South Wales, pensaram que haviam tirado a sorte grande quando fisgaram uma bolsa cheia de dinheiro, na última semana, de acordo com informações divulgadas no jornal britânico The Times nesta segunda-feira.

Enterrado na grama a apenas alguns metros do riacho, os meninos descobriram um pacote envolvido em plástico, que continha 100 mil dólares australianos (R$ 157 mil) em notas de diferentes valores.

Porém, depois de perceberem que podia haver algo de errado por trás do achado, os jovens decidiram levar o dinheiro a autoridades policias. Antes de tomarem tal decisão, os meninos passaram três semanas se questinando se deveriam entregar o pacote. Os adolescentes contataram à polícia na sexta-feira depois que revelaram seu achado - cédulas de 20 e 50 dólares embrulhadas - para sua mãe e receberem alguns conselhos legais. "Nós só não queríamos arranjar problemas", disse um dos meninos, que preferiu preservar seu nome, informou o jornal Lismore Northern Star . "Éramos felizes antes do dinheiro e continuaremos assim daqui para frente", afirmou.

Os meninos pesacavam no Rio Tuntable, um curso de água localizado perto de Lismore, uma região tropical na costa leste da Austrália. O riacho tem sua nascente próxima ao parque nacional, e também está localizado junto a Nimbin, uma pequena cidade conhecida como o lar australiano da cultura hippie.

A polícia fez uma busca pelo Tuntable, mas não encontrou nenhum vestígio de que houvesse mais dinheiro e muito menos pistas da origem do pacote encontrado. O inspetor Greg Moore disse que os oficiais estavam investigando a possibilidade de uma relação criminosa com a descoberta. "Existe obviamente uma linha de investigação que estamos seguindo", afirmou. "Pode ser interpretado como um fato que envolve um ato ilícito, mas, no estágio em que estamos, vamos certamente manter outras possibilidades abertas", concluiu.

Fonte: Terra