Eleições 2018

21/08/2018 às 16h13

Em Sergipe, mulheres representam 30,4% dos candidatos a cargos eletivos

Redação Portal A8

De acordo com a quantidade dos pedidos de registros de candidaturas feitos ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), em Sergipe, dos 500 requerimentos,

Portal do TSE
30,4% são de mulheres que pleiteiam cargos eletivos nas eleições deste ano – o equivalente a 152 que afirmaram ter o gênero feminino. 

Segundo o conteúdo do TER, que divulga as candidaturas e contas eleitorais no seu portal, para o cargo de governador, dos nove, só Gilvani Santos (PSTU) representa a mulher. Contudo, para vice, a eleição terá Eliane Aquino (PT), Rafaella (PMN), Silvia Fontes (PDT) e Simone Rocha (PSOL).  Ainda no portal do TRE, existem três registros femininos para 1º suplente e quatro para 2º suplente. 

Enquanto isso, a figura masculina nas eleições é maioria. Conforme o percentual aponta, os homens são 69,6% do todo – ou seja, 348 candidatos. 

No Brasil 

Já no cenário nacional, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) registrou 30,7% de inserção da mulher nessas eleições – o que representa 8.435 do total de 27.485 pedidos de registro.

No portal do TSE aponta que a região Centro-Oeste é a região apresenta o maior percentual com 31,14%, depois o Sudeste com 31,02%, o Sul com 30,84%, Nordeste com 30,30% e Norte 29,75%. 

Pelos dados, 61,7% das candidaturas são para vagas de deputadas estaduais, enquanto 30% para federais. Há apenas duas candidatas à Presidência da República – Marina Silva (Rede) e Vera Lúcia (PSTU) – e 29 para governos dos estados. 

Legislação 

Segundo a legislação eleitoral vigente, 30% é o percentual mínimo de candidaturas do sexo feminino por partido.