Brasil

12/03/2019 às 08h57

Polícia prende dois ex-PMs suspeitos de matar Marielle e Anderson

R7

O MPRJ (Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro), por meio do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) e a Polícia Civil, prenderam nesta terça-feira (12), Ronnie Lessa e Elcio Vieira de Queiroz, denunciados pelos assassinatos qualificados de Marielle Franco e Anderson Gomes e tentativa de homicídio de Fernanda Chaves.

As prisões ocorreram às 4h desta madrugada na Operação Lume, feita nas residências dos denunciados.

De acordo com a denúncia, as investigações concluíram, por meio de diversas provas, que Lessa foi o autor dos crimes, tendo efetuado os disparos de arma de fogo, com a participação de Elcio, que foi o condutor do Cobalt utilizado para a execução. Ronnie Lessa é policial militar reformado. Elcio foi policial militar, mas acabou expulso da corporação.

Para os promotores do Gaeco, a ação foi meticulosamente planejada durante os três meses que antecederam o atentado. Além das prisões, a operação cumpre mandados de busca e apreensão nos endereços dos denunciados para apreender documentos, telefones celulares, notebooks, computadores, armas, acessórios, munições e outros objetos.

Junto aos pedidos de prisão e de busca e apreensão, o Gaeco pediu a suspensão da remuneração e do porte de arma de fogo de Lessa. Também foi requerida a indenização por danos morais aos familiares das vítimas e a fixação de pensão em favor do filho menor de Anderson, até completar 24 anos de idade.


Fonte: R7