Brasil

19/11/2011 às 13h21

ONU: Brasil é país da América Latina com maior número jovens afrodescendentes

Redação Portal A8

Mais de 24 milhões de jovens afrodescendentes vivem na América Latina, de um total de 81 milhões de afrodescendentes da região. O Brasil é o país latino-americano com a maior quantidade de jovens afrodescedentes - 22,5 milhões, o que representa 47% de toda a população jovem no país. Os dados têm por base o Censo Demográfico de 2000, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A constatação faz parte do relatório Juventude Afrodescendente na América Latina: Realidades Diversas e Direitos (des)Cumpridos, divulgado nessa sexta-feira (18) pelo Fundo de População das Nações Unidas (Unfpa), em Salvador (BA).

A Colômbia é o segundo país latino-americano onde vivem mais jovens afrodescendentes: 1,1 milhão (11% de toda a população jovem do país).

Segundo o fundo, a juventude afrodescendente na América Latina é uma população majoritariamente urbanizada. Na Nicarágua, por exemplo, 88% desses jovens vivem nas cidades, enquanto os índices na Guatemala e no Panamá se mantêm bem próximos - 87% e 86%, respectivamente. A menor taxa foi registrada no Equador: 60%.

 

Fonte: Agência Brasil