Brasil

19/02/2009 às 09h06

Múcio diz que desconhece gasto de R$ 1,3 milhão com encontro de prefeitos

Redação Portal A8

O ministro José Múcio (Relações Institucionais) disse nesta quarta-feira que desconhecia o gasto de R$ 1,3 milhão, empenhado pelo Ministério das Cidades, para promover o encontro nacional de prefeitos com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, realizado na semana passada.

O Palácio do Planalto omitiu o gasto de R$ 1.349.832 para arcar com as despesas do encontro. O valor divulgado inicialmente pelo governo para promover o encontro foi de R$ 253 mil.

Segundo a reportagem, uma nota de empenho do Siafi (Sistema Integrado de Administração Financeira), que acompanha os gastos da União, confirma o valor a ser desembolsado pelo governo federal por meio do Ministério das Cidades.

Segundo a assessoria da Secretaria de Assuntos Federativos, do Ministério das Relações Institucionais, todos os ministérios, além do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal, estavam envolvidos na organização e financiamento do encontro de prefeitos.

Apesar de ser a responsável pela realização do encontro, a secretaria ainda não tem os gastos feitos pelos demais ministérios. Por isso, há a possibilidade de o custo com o encontro ser ainda maior.

A secretaria justificou os gastos pelo fato de os prefeitos terem aderido ao encontro. O governo esperava cerca de 10.000 pessoas e cerca de 15.300 se inscreveram. Somente prefeitos, eram esperados cerca de 3.500 e foram 5.300.

Ação

O encontro de Lula com prefeitos foi alvo de uma ação do PSDB e do DEM contra o presidente e a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) por suposta propaganda eleitoral antecipada.

Os partidos sustentam, na ação, que Lula e Dilma usaram o encontro para divulgar a pré-candidatura da petista ao Palácio do Planalto.

Fonte: Folha OnLine