Sergipe

18/08/2020 às 14h41

Educação realiza terceira edição do Projeto Dialogar Educacional

Agência de Notícias Sergipe

A Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), por meio da Diretoria de Educação de Aracaju (DEA), realizará nesta quinta-feira(20), a terceira edição do projeto Dialogar Educacional, um encontro virtual que acontece semanalmente, durante uma hora de duração, com a finalidade de promover o diálogo e a socialização de experiências entre os estados brasileiros, tendo como público-alvo os gestores, professores da Rede Pública Estadual, estudantes e familiares. 

A transmissão ocorrerá às 15h, no canal do Youtube "Educação Sergipe". O evento terá como tema “O Fazer Docente em Tempos de Pandemia: Um diálogo entre Sergipe e Alagoas”, e contará com a participação do professor Ricardo Lisboa, superintendente de Políticas da Secretaria de Estado da Educação de Alagoas, no qual fará um breve panorama das ações da Seduc/Alagoas neste momento de suspensão das aulas presenciais. 

Também participarão do bate-papo o professor Eduardo Rollemberg, que leciona a disciplina Matemática, na Escola Estadual Valnir Chagas, localizada em Aracaju; e Mateus Neves, professor de Química da Escola Estadual Xingó II, no município de Piranhas. Os professores irão compartilhar vivências pedagógicas realizadas, além de relatar como estão executando o fazer docente durante a suspensão de aulas presenciais, abordando estratégias educacionais e recursos mais utilizados. 

Nos encontros anteriores, professores e estudantes debateram temas como "O Ensino Não Presencial e o Plano de Retomada: Um diálogo entre Sergipe e Ceará" e “Os Encontros e Desencontros da Escola com as Juventudes", como uma forma de pensar estratégias para fortalecer o vínculo entre professores, gestores, estudantes e familiares. Para Gilvânia Guimarães, diretora da Diretoria de Educação de Aracaju (DEA) e mediadora da live, desde o primeiro decreto emitido pelo Governo de Sergipe, no qual foi determinada a suspensão das aulas presenciais, em março deste ano, todos os agentes educacionais começaram a pensar em saídas e ideias que minimizassem os efeitos da pandemia na educação.


Fonte: Agência de Notícias Sergipe