Sergipe

06/07/2020 às 14h40

Sergipe apresenta maior aumento na produção de ovos entre estados do Nordeste

Agência Sergipe de Notícias

No 1° trimestre de 2020, em Sergipe, a produção de ovos de galinha foi de 5.3 milhões dúzias, resultando em um aumento de 22,5% em relação ao 1° trimestre de 2019. A variação positiva foi a maior encontrada na região Nordeste, segundo relatório da produção pecuária apresentado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) publicado neste mês de junho. Também cresceu em 19,7% o efetivo de galinhas em relação ao número de cabeças: de 699 mil para 837 mil cabeças no mesmo período.

"Esse resultado vem a confirmar a força da agropecuária sergipana, que vem crescendo nos últimos dez anos, fazendo o estado sustentar posições significativas na produção regional, a exemplo de grãos como milho e arroz, além da laranja e da cana de açúcar. Tenho certeza de que, assim como a bovinocultura leiteira e a ovinocaprinocultura, a avicultura continuará crescendo em nosso estado”, avalia o secretário de Estado da Agricultura, André Luiz Bomfim.

Ovos Caipira e Ovos de Capoeira
A produção de ovos em Sergipe é ainda maior, considerando a produção de pequenos e médios avicultores que fornecem ovos caipira e ovos de capoeira, mas não constam no levantamento do IBGE. A metodologia utilizada pelo Instituto registra apenas dados das granjas com capacidade de alojamento de pelo menos 10 mil galinhas poedeiras.

O consultor do PNUD que presta assessoria aos avicultores do projeto Dom Távora, Daniel Nakabayashi, afirma que o governo estadual tem estimulado a produção de ovos caipira e ovos de capoeira. “O projeto Dom Távora está apoiando a formalização do primeiro entreposto de ovos de Sergipe, com selo do Serviço de Inspeção Estadual (SIE) para produtores familiares. Um dos exemplos é a Rede de Produtoras de Ovos Caipira e de Ovos de Capoeira de Poço Verde. Os projetos apoiados pelo Dom Távora em Sergipe apresentaram aumento significativo na produção, que hoje supera 6.400 dúzias de ovos produzidos por mês - isso no inverno, quando temos diminuição na produção. A estimativa é que a produção seja ainda maior no verão”, estima Daniel.

Pelos dados do Projeto Dom Távora, a cadeia produtiva da avicultura foi a que mais recebeu investimentos do governo estadual, depois da ovinocultura. Foram beneficiadas 909 famílias com a implementação de 44 projetos com atividade de avicultura caipira, em 10 dos 15 municípios da área de atuação do projeto em Sergipe, realizado pelo governo do Estado (via Seagri) em parceria com o Fundo Internacional de Financiamento Agrícola (FIDA).


Fonte: Agência Sergipe de Notícias