Sergipe

23/06/2020 às 15h25

Operação conjunta realiza fiscalização para evitar venda de fogos de artifício em Aracaju

Agência Aracaju de Notícias

Na manhã desta terça-feira, 23, a Prefeitura de Aracaju, a partir de um trabalho desenvolvido pela Empresa Municipal de Serviços Urbanos

Fotos: Felipe Goettenauer
(Emsurb) e órgãos operacionais da Secretaria Municipal da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), em parceria com o Governo do Estado, através do Corpo de Bombeiros de Sergipe, realizou uma operação conjunta de fiscalização em alguns pontos da capital para evitar a venda de fogos de artifício.

A ação atende ao decreto municipal nº 6.158 que recomenda que a população não acenda fogueiras e solte fogos de artifício durante o ciclo junino em razão da pandemia. As equipes percorreram locais tradicionais para a venda destes produtos, a exemplo das proximidades da praça Dr. Ranulfo Prata (Cruz Vermelha) e o entorno da Central de Abastecimento de Sergipe (Ceasa), ambos no bairro Getúlio Vargas, além da região dos mercados centrais.

De acordo com o presidente da Emsurb, Luiz Roberto Dantas, essa recomendação da Prefeitura está baseada no possível agravamento no quadro dos pacientes acometidos de doenças respiratórias, principalmente a covid-19.

“Por isso, para resguardar a vida e a saúde das pessoas, bem como evitar a superlotação dos leitos dos hospitais, sejam eles de UTI ou clínicos, estamos realizando uma verdadeira força-tarefa junto à população e comerciantes. É um São João diferente, se não fosse isso as pessoas estariam liberadas para comercializar. Reconhecemos que isso faz parte da nossa identidade cultural, mas agora é uma questão de saúde pública”, enfatizou Luiz Roberto.

Ainda segundo o presidente da Emsurb, os comerciantes do seguimento foram avisados previamente, visto que não foi concedida nenhuma autorização para comercialização de fogueiras ou fogos de artifício por parte da Prefeitura de Aracaju e Corpo de Bombeiros. “Algumas pessoas ainda insistem na venda dos fogos, por isso as ações de fiscalização continuam na capital durante todo este período junino”, salientou.

“Nosso intuito é preservar a qualidade do ar, em atenção à saúde da população nesse momento de pandemia, e evitar que ocorram acidentes com fogos. Essas medidas previnem o agravamento da situação dos hospitais, em Aracaju, no que diz respeito à ocupação para internamento e utilização das UTIs. Pedimos a consciência da população para que não acendam fogueiras neste ano”, reforçou o secretário municipal da Defesa Social e da Cidadania, Luís Fernando Almeida.                   

Monitoramento em áreas públicas

Paralelo a esse trabalho, a Emsurb segue com as atividades de fiscalização e monitoramento nas áreas públicas da cidade para que o decreto municipal que se adequa ao plano de retomada econômica, estabelecido pelo Governo do Estado, seja respeitado, no tocante às medidas para a manutenção das orientações de distanciamento social.

Neste sentido, além dos mercados centrais e da Ceasa, as equipes foram direcionadas nesta terça para o bairro Santo Antônio, entorno do terminal rodoviário Governador Luiz Garcia (rodoviária velha), feira livre do Batistão, calçadões do centro comercial, mercados setoriais, entorno do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), além da Orla Pôr do Sol Jornalista Cleomar Brandi, no Mosqueiro.


Fonte: Agência Aracaju de Notícias