Sergipe

17/06/2020 às 14h10

Aracaju tem novo decreto com manutenção das medidas de distanciamento e reabertura econômica

Agência Aracaju de Notícias

O prefeito Edvaldo Nogueira anunciou, na manhã desta quarta-feira (17), o novo decreto municipal de enfrentamento ao coronavírus com a

Foto: Ana Lícia Menezes/PMA
manutenção das medidas de distanciamento social, mas que se adequa ao plano de flexibilização, estabelecido pelo Governo do Estado. Segundo o gestor, permanece suspenso, até o dia 24 de junho, o funcionamento de academias, teatros, cinemas, shoppings centers, casa de shows, bares, assim como a realização de eventos e atividades em parques, praias e demais áreas de lazer da cidade. Toda a rede de ensino continua com atividades suspensas até 30 de junho. O uso obrigatório de máscara pela população em locais públicos também está mantido. O novo decreto também recomenda o não acendimento de fogueiras em comemoração aos festejos juninos.

Em relação ao plano de retomada econômica, seguindo o decreto estadual, estão autorizados a funcionar, a partir desta quinta-feira, 18, escritórios de engenharia e arquitetura, concessionárias de veículos, imobiliárias, comércio de eletrodomésticos, eletrônicos, comunicação, informática, equipamentos de áudio e vídeo, além de lojas de móveis e colchões. O documento estabelece também critérios para a abertura gradual da economia no Estado, separados por etapas e cores. A primeira fase, intitulada de ‘bandeira laranja’, está prevista para ser iniciada na próxima semana, mas dependerá da taxa de ocupação dos leitos de UTI, que deve ser inferior a 70%, na data.

Nesta etapa, que pode começar no dia 23, estão incluídos demais escritórios de prestadores de serviços e serviços em geral (publicidade, agências de viagens e etc); clínicas e consultórios de odontologia, fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição, psicologia, terapia ocupacional e serviços especializados de podologia; comércio (alguns setores); operadores turísticos; atividades de treinamento de desporto profissional; salões de beleza, barbearias e de higiene pessoal; e templos e atividades religiosas (30%).

“Vamos iniciar o processo de flexibilização, compatibilizando o nosso decreto com o estadual, anunciado nesta semana,  mas acompanharemos com muito cuidado e atenção os dados e a evolução da doença em Aracaju para irmos definindo as medidas. Além disso, reforçaremos a fiscalização para garantir que os decretos sejam cumpridos. Volto a dizer que o sucesso desta nova etapa dependerá, principalmente, do comportamento da população, que precisa entender a necessidade do distanciamento social. É preciso que as pessoas entendam que poderão sair, mas que terão que respeitar o distanciamento, que continuarão usando máscaras, e que precisam manter todas as medidas de higiene. Tudo isso será importante para que o processo de reabertura, de fato, aconteça. Aproveito para pedir também aos donos de empresa, comerciantes, que adotem as medidas necessárias para que a reabertura aconteça de forma segura para todos. Essa é a hora do Governo, Prefeitura, sociedade e empresários se unirem”, destacou o prefeito.


Fonte: Agência Aracaju de Notícias