Sergipe

29/05/2020 às 14h07

Prefeitura alerta para cronograma da campanha contra influenza, que encerra dia 5

Agência Aracaju de Notícias

A Campanha de Vacinação contra a Influenza em 2020 vem sendo realizada por fases e seus respectivos grupos prioritários. Nas últimas semanas, crianças, gestantes e puéperas, professores da rede pública e privada, além das pessoas com deficiência e adultos entre 55 e 59 anos foram os últimos grupos prioritários para imunização. Entretanto, a Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), faz o alerta para o baixo índice de alguns grupos dessa fase.

“Estamos na terceira fase da vacina contra a Influenza. Próxima semana será a última da campanha e a Secretaria Municipal da Saúde de Aracaju está bastante preocupada com alguns grupos prioritários previstos para esta fase. Crianças, gestantes, puérperas e pessoas de 55 a 59 anos estão com coberturas muito baixas, entre 29% e 35% para esses grupos”, salienta a coordenadora do Programa de Imunização da SMS, Ilziney Simões.

É importante frisar que, diante do cenário de pandemia, esse ano a campanha sofreu alterações, tanto no repasse das doses por parte do Ministério da Saúde, bem como nas ações de imunização aplicadas pelo município. Mesmo a vacina não imunizando contra a covid-19, é importante garantir a dose, visto que nesse período de alteração climática com a chegada do inverno, o aumento nos índices de doenças respiratórias, entre elas a influenza, é comum, podendo causar até mesmo o óbito.

A Campanha segue até o dia 5 de junho e a SMS atua estrategicamente para vacinar cerca de 90% das pessoas pertencentes a cada grupo, para cumprir a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde. “Então, pedimos para que essas pessoas que fazem parte desses grupos prioritários que compareçam às unidades básicas de saúde ainda esta semana, que é a última da campanha contra a influenza”, reforça Ilziney.

As pessoas que ainda não foram imunizadas e fazem parte de um desses grupos prioritários, podem se dirigir à Unidade Básica de Saúde mais próxima [exceto às que estão com atendimento exclusivo para síndromes gripais], com documento de identificação com foto, cartão de vacinação e documento que comprove a inclusão no grupo prioritário.

As unidades estão sendo orientadas a tomar todas as medidas recomendadas para evitar aglomerações e a propagação da covid-19, mas também é importante que cada usuário faça sua parte. Sempre que precisar sair de casa, e ao entrar nas unidades de saúde, usar máscara.

“A SMS está pensando em estratégias fora das unidades básicas de saúde para vacinar esses grupos. Então é importante que as pessoas fiquem atentas às nossas redes sociais, onde estaremos divulgando que ações serão essas para esses grupos prioritários”, finaliza a coordenadora do Programa de Imunização da SMS.


Fonte: Agência Aracaju de Notícias