Sergipe

05/05/2020 às 14h02

Ministério da Saúde cancela Dia D e prorroga calendário de vacinação contra a gripe

Agência Aracaju de Notícias
A Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), informa que o Dia de D de Vacinação Contra a Influenza, marcado inicialmente para o próximo sábado (9) foi cancelado pelo Ministério da Saúde (MS). Em comunicado divulgado para as secretarias, o MS justifica o cancelamento como forma de  evitar aglomerações nas Unidades Básicas de Saúde (UBS).
 
Também foi prorrogada a terceira fase da Campanha de Vacinação, que começará na próxima segunda-feira, dia 11, e se estenderá até o dia 5 de junho, dividindo o público-alvo que ainda não havia sido contemplado. De acordo com a coordenadora de Imunizações da SMS, Ilziney Simões, a mudança aconteceu em função do momento atual de propagação da covid-19.
 
“Assim, a estratégia de vacinação foi aumentar o tempo da campanha e dividir mais os públicos que devem ir até às Unidades de Saúde, diminuindo também as aglomerações e possíveis contágios do coronavírus nesses ambientes”, destaca.
 
Novo calendário de vacinação
 
De 11 a 17 de maio: crianças de 6 meses a menores de 6 anos, pessoas com deficiência, gestantes e puérperas até 45 dias; e de 18 de maio a 5 de junho: adultos de 55 a 59 anos, e professores das escolas públicas e privadas.
 
Documentação necessária
 
Para receber a dose da vacina, além do documento de identificação e da carteira de vacinação, é importante levar algum tipo de documentação que comprove sua condição de prioridade.
 
Estratégias criativas
 
Ainda segundo Ilziney, os idosos e profissionais de saúde atingiram a marca de 100% da estimativa do público vacinado na primeira etapa da campanha, em Aracaju. “Fizemos várias estratégias para a vacinação dos idosos, visando evitar aglomerações nas UBS em virtude da covid-19, como a vacinação através do sistema drive thru, imunizando os maiores de 60 anos dentro do carro, vacinação itinerantes nas praças e em pontos estratégicos. Neste ano, tivemos uma grande procura pela vacina e conseguimos bater a meta com relação aos idosos e aos profissionais de saúde”, afirma.

Fonte: Agência Aracaju de Notícias