Sergipe

30/04/2020 às 10h33

Após cinco meses de investigação, envolvidos em latrocínio contra policial militar são presos

Redação Portal A8

Nesta quinta-feira (30), após cinco meses de investigação, o Departamento de Crimes Contra o Patrimonio (Depatri) informa a dinâmica do crime de tentativa de latrocínio contra um policial militar, que ocorreu no dia 5 de dezembro de 2019, no momento em que o sargento da PM transitava de motocicleta por dentro do Parque da Cidade, na Zona Norte da Capital.

Segundo a delegada Juliana Alcoforado, ele foi abordado por três indivíduos que anunciaram o roubo. Os suspeitos entraram em luta corporal com o policial, conseguindo tomar sua pistola Taurus calibre 380, pertencente à SSP/SE. Insatisfeitos, os autores dispararam várias vezes contra a vítima, que conseguiu fugir por entre os matagais da região.

O policial foi alvejado com um tiro e obteve socorro. As investigações contaram com o apoio da Dipol e suspeitaram de três homens moradores da mesma região dos fatos, todos com antecedentes criminais por crimes semelhantes. Um deles foi localizado nesta quarta-feira, 29, em poder da arma de fogo roubada do sargento, com dois carregadores e ainda um simulacro de pistola. Ele foi autuado em flagrante e se encontra à disposição da Justiça.

Um já tinha sido preso há alguns dias e um terceiro vai se apresentar com um advogado. Ambos, foram indiciados por tentativas de homicídio e de latrocinio.