Sergipe

23/04/2020 às 16h27

Parceria entre Prefeitura e HU garante 30 leitos para pacientes da covid-19

Agência Aracaju de Notícias

Entre os mais de 200 leitos de retaguarda que a Prefeitura de Aracaju irá ofertar no atendimento de pacientes de covid-19 que necessitem de

Foto: Sérgio Silva
internamento, a partir desta quinta (23), estão disponíveis 30 leitos no Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe (HU-UFS), sendo 14 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 16 de enfermaria de retaguarda que serão regulados pelo município. Durante a visita para conhecer os espaços para atendimento, a secretária da Saúde de Aracaju, Waneska Barboza, esteve acompanhada da superintendente do HU, Angela Silva e do vice-reitor da UFS, Valter Santana.

 “É uma conquista muito importante. Quando entramos em contato com Dra. Angela, para traçarmos estratégias para o enfrentamento da covid-19, ela prontamente disponibilizou 14 leitos de UTI, mais 16 leitos enfermaria. É uma conquista muito grande, porque nesse momento o que precisamos é de leitos, para evitarmos exatamente a desassistência. Nós já temos um protocolo de regulação firmado, onde nós temos o fluxograma de regulação, do que será feito através da Central de Regulação de leitos com a regulação através de médicos da Secretaria, e que também terá uma classificação de risco aqui no Hospital Universitário. Tudo feito de forma correta, para oferecer a melhor assistência ao nosso paciente”, explica a secretária Waneska Barboza.

De acordo com a superintendente do HU, Angela Silva, desde o início deste mês o hospital vem remanejando suas atividades e reestruturando os espaços para acomodar os leitos para os pacientes da covid-19 que necessitarem de internamento. Serão cerca de 80 profissionais, entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, nutricionistas e assistentes sociais, atuando no atendimento a esses pacientes.

“Esse serviço está sendo viabilizado graças à parceria com a Secretaria Municipal da Saúde, com quem a gente contratualiza, e que prontamente se dispôs para que pudéssemos colaborar. E também ao Ministério Público Federal, do Trabalho e o Ministério Público Estadual, além da Justiça Estadual e Federal. A Ebserh, que também tem colaborado, e é nosso gestor maior para fazer isso. Não poderia deixar de agradecer a esses órgãos, porque eles foram essenciais, na estruturação e na participação do HU com uma assistência diferenciada. Não tenho dúvidas, que esse é o melhor serviço de assistência a pacientes de covid-19 do estado de Sergipe. Falo isso com tranquilidade, porque além de superintendente sou médica infectologista, e tenho certeza que não tem nenhum serviço público ou privado melhor que esse”, reconheceu a superintendente.

A Universidade Federal de Sergipe, através do vice-reitor Valter Santana, já havia se colocado à disposição da gestão municipal ofertando sua equipe de docentes nas áreas de estatística e saúde pública, na soma de esforços no combate à pandemia. E através dessa oferta de leitos, a parceria se fortalece.

“É a universidade se reestruturando, para dentro das nossas possibilidades, ofertar um auxílio aos gestores no combate a essa pandemia. Vimos aqui no HU o que a gestão preparou para servir de apoio para a Secretaria Municipal da Saúde, para dar uma segurança aos gestores e ofertar uma melhor assistência à população. A contribuição social, reestruturando nossos serviços e servindo também de modelo de ensino para os nossos alunos e residentes, preparando o ambiente com segurança, para que eles possam aprender e também tratar a população da melhor forma possível”, ressaltou Valter Santana.


Fonte: Agência Aracaju de Notícias