Sergipe

27/03/2020 às 09h12

Hospital adota medidas para atendimento a pacientes com o novo coronavírus

Redação Portal A8

Na manhã desta sexta- feira (27), representantes de um hospital particular, localizado na zona sul de Aracaju, falaram ao vivo ao Balanço Geral Manhã, e explicaram como estão preparando a unidade para tratar de pacientes com sintomas do novo coronavírus (Covid 19).

A coordenadora de enfermagem do internamento do Hospital, Sheilla Paixão reforça todas as medidas de preparo da unidade e as vestimentas dos profissionais da saúde. "Temos quatro andares, um deles foi esvaziado para que a gente receba apenas pacientes com suspeitas do Covid 19, e com isso, os outros pacientes não ficam alocados no mesmo local que esses pacientes ficam, então nós temos uma capacidade total inicial de 25 leitos, disponibilizados somente para os pacientes com Covid 19. Temos também o segundo andar que vai funcionar como retaguarda, caso o setor fique ocupado, aí temos 50 leitos. Já passaram três pacientes com suspeitas do novo coronavírus, mas dois foram negativos e apenas um confirmado, seguindo para a UTI, precisando de cuidados mais intensivos. Sobre a vestimenta, não precisa ser utilizada para todos os pacientes, com suspeita ou confirmação, precisamos utilizar o capote, a luva, a máscara, o óculos, pois esse paciente precisa desse aparato. Diariamente está tendo treinamento por setores de infecção hospitalar e o núcleo de educação permanente, para que se vista da forma correta e também sobre a forma correta  da retirada de toda essa vestimenta, pois o profissional de saúde também pode sofrer a contaminação, tudo isso é treinado diariamente para que possamos conseguir parar a disseminação do vírus.", reforçou.

Visitação

Em relação às visitações e ao isolamento de pacientes com Covid 19, o médico responsável pela medicina hospitalar, Enilson Moraes, explicou quais as medidas podem ser tomadas para que os pacientes não se sintam totalmente isolados. "O que se sabe é que o isolamento é uma medida extremamente importante, para proteção ao novo coronavírus, então os pacientes que estão internados, precisam ficar isolados, e por conta disso a restrição de acompanhante e visitas é total, exceto em casos excepcionais que vai ser analisado. Para isso elaboramos boletins médicos que as famílias vão receber ao longo do dia, e estamos elaborando uma estratégia de visitas virtuais, e caso seja necessário também haverá visitas virtuais com a equipe multidisciplinar desse paciente, exatamente para tirar dúvidas.", esclareceu.

Em relação ao isolamento, o médico reforçou como a equipe hospitalar vem atuando. "Temos informações que o isolamento causa certo incômodo, e internado, teoricamente é pior, por isso toda a equipe esta envolvida, passando pelas equipes de nutrição, enfermagem e médica, fazendo com que ele se sinta menos isolado, e mantendo a estratégia de segurança tanto para a equipe quanto para a sociedade.", explicou.

Campanha Fique em Casa

Ainda na entrevista, o médico Enilson, lembrou a validade da campanha e alertou para a permanência em casa, principalmente aos que sofrem com problemas respiratórios. "Todo paciente com suspeita ou confirmação, fica isolado até o final do tratamento, o restante do hospital não tem essa necessidade, a gente tem um plano de capacidade plena, e a gente está abrindo outros andares se for necessário, e todos obedecerão a essa mesma regra, qualquer sintoma respiratório, não venha fique em casa, vemos que a 'campanha fique em casa' realmente funcionou bem, e mostra uma melhora da não disseminação exatamente por estar em casa."