Sergipe

20/03/2020 às 17h57

Frota do transporte público vai ser reduzida a partir de segunda, 23

Agência Aracaju de Notícias
As medidas adotadas pela Prefeitura de Aracaju para o enfrentamento ao coronavírus (covid-19) abrangem, também, o transporte público coletivo, meio que coloca em
Foto: Marcelle Cristinne
circulação milhares de pessoas diariamente e, portanto, demanda ações mais enérgicas. Além da higienização dos ônibus, a frota de veículos também passa a ser menor. 
 
A partir da próxima segunda-feira (23), haverá redução da frota de ônibus, em Aracaju, de 30%, em horários que não sejam de pico, e de 50%, nos fins de semana, para diminuir a circulação das pessoas na cidade. A medida será posta em prática devido à necessidade de restringir a circulação de pessoas nas ruas da cidade.
 
“Estamos tomando medidas de prevenção à disseminação do novo coronavírus. São medidas preventivas, mas é importante frisar que precisamos  também da colaboração da população para enfrentarmos esse período delicado. Por isso, pedimos que as pessoas sigam os cuidados recomendados pelos órgãos oficiais de saúde, lavando sempre aos mãos, inclusive, ao embarcar e desembarcar dos ônibus”, orienta o superintendente municipal de Transportes e Trânsito, Renato Telles.
 
Atualmente, a capital sergipana possui 125 linhas de ônibus, e cerca de 400 veículos de transporte público rodam pela cidade atendendo a uma média de 220 mil usuários por dia. Assim, todas as ações são de extrema importância e já estão sendo tomadas por toda a cidade.
 
Para cumprir a determinação feita pela Prefeitura, na segunda-feira (16), por meio da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) de Aracaju, as empresas de transporte público que atuam na capital e na Grande Aracaju estão higienizando os ônibus como forma de prevenção ao novo coronavírus.
 
A primeira higienização diária dos veículos acontece ainda na madrugada, antes da saída dos ônibus às ruas. As demais, durante os períodos de repouso nos terminais de integração. Toda a limpeza está sendo feita com um produto específico produto usado para assepsia de objetos clínicos utilizados em hospitais. 
 
Outra medida já tomada é a disponibilização de álcool em gel nos terminais de integração. A orientação é que os passageiros sempre higienizem as mãos ao desembarcar dos veículos. Além disso, os banheiros de todos os terminais estão recebendo reforço de sabão para os usuários do transporte higienizarem as mãos. 
 

Mesmo que Aracaju tenha registrado apenas cinco casos da doença, e outros cinco casos suspeitos aguardam resultados de exames, exemplos como os da China e, sobretudo Itália, mostram que se medidas incisivas não forem tomadas imediatamente, a tendência é que os casos aumentem e até evoluam para óbitos. 

 
 

Fonte: Agência Aracaju de Notícias