Sergipe

21/02/2020 às 17h28

Carnaval: alerta para doenças do período

Estagiário David Almeida supervisionado pela jornalista Mayusane Matsunae

O carnaval já começou e isso leva uma multidão de foliões para as ruas, gerando um clima de festa e descontração. Mas, durante o período, várias pessoas esquecem da prevenção e dos cuidados essenciais com a saúde, principalmente na faixa etária entre 17 a 25 anos.

Sobre o assunto, o gerente do Programa Estadual de IST/Aids e Hepatites Virais, Almir Santana, explicou que infecções como candidíase vaginal, herpes labial, mononucleose (também conhecida como doença do beijo), sífilis, hepatites virais e HIV (vírus da imunodeficiência humana) são as mais comuns entre as Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST).

“O uso correto e consciente do preservativo é a principal forma de prevenção. Para evitar o HIV, ainda existe a Profilaxia Pós-Exposição (PEP) e a Profilaxia Pré-Exposição (PREP)”, lembra.

De acordo com o site do Ministério da Saúde, as profilaxias pré e pós exposição, são métodos preventivos, que devem ser tomados antes ou depois de manter relações sexuais sem o uso de preservativos ou em exposições consideradas de risco.

“A Profilaxia Pós-Exposição é o uso de medicamentos antirretrovirais após terem tido um possível contato com o vírus HIV em situações como violência sexual; relação sexual desprotegida (sem o uso de camisinha ou com rompimento da camisinha), acidente ocupacional (com instrumentos perfurocortantes ou em contato direto com material biológico). Já a Profilaxia Pré-Exposição, é o uso preventivo de medicamentos antes da exposição ao vírus HIV, reduzindo a probabilidade da pessoa se infectar com vírus”, pontua o portal.

Doença do beijo

A mononucleose ou doença do beijo é uma infecção viral transmitida, principalmente pela saliva. A transmissão mais frequente é através do beijo, vindo acompanhada de sintomas como febre, dor na garganta e fraqueza, por uma semana.

A infectologista Mariela Cometki detalha sobre o agente causador da doença. “A mononucleose ou doença do beijo está no grande grupo das doenças virais, o vírus Epstein Barr, sendo transmitido pelo contato íntimo direto e prolongado. Ou seja, quando você beija”, enfatiza.

Mariela Cometki deixa algumas dicas para evitar as infecções durante essa época do ano. “Diminuir o número de exposições e ter uma higiene bucal saudável, como a utilização de enxaguante bucal, estar com a saúde dos dentes em dia. Se você estiver doente, evite se expor, pois beijando outras pessoas doentes, você vai levando doenças a outras pessoas. Essas doenças são mais transmitidas por contato através de objetos contaminados, como dividir a mesma latinha ou a mesma garrafa ou o mesmo talher, além do contato interpessoal”, concluiu.

Bloco da prevenção

Durante a realização do Rasgadinho, tradicional cortejo carnavalesco realizado na avenida Pedro Calazans, entre os bairros Cirurgia e São José, em Aracaju, o Bloco da Prevenção vai agitar os foliões.

O Bloco desfilará com 500 foliões no domingo (23). A concentração acontecerá a partir das 14h, e todas as doações serão revertidas para a Associação O Bom Samaritano, que atende pessoas soropositivas. "O Camisildo [bloco denominado para distribuição de camisinhas] já está participando de várias ações em blocos carnavalescos na capital e interior. A principal participação será no Carnaval do Rasgadinho, no domingo, com o Bloco da Prevenção. Precisamos divulgar: abadás são trocados por lata de leite em pó, para ajudar às pessoas que vivem com HIV", reforçou Almir Santana.


Fonte: Estagiário David Almeida supervisionado pela jornalista Mayusane Matsunae