Sergipe

14/01/2020 às 16h02

SES lança campanha sobre Profilaxia Pré e Pós Exposição sexual nesta terça, 14

Com informações da SES

Nesta terça-feira (14), das 19h às 21h30, o Programa IST/Aids da Secretaria de Estado da Saúde (SES) lança uma campanha com o intuito de explicar detalhadamente tudo

Foto: Ascom/SES
sobre as Profilaxias – são métodos com medicamentos utilizados como alternativa de proteção contra o HIV por pessoas que ou tiveram contato com o vírus ou são públicos prioritários. O lançamento ocorrerá na Feira de Sergipe, no Parque da Sementeira.

De acordo com as informações contidas no portal da SES, a Profilaxia Pós-Exposição (PEP) é a utilização de medicamentos em pessoas depois de terem tido um possível contato com o vírus HIV. Geralmente, é procurada em situação de violência sexual; relação sexual desprotegida, ou quando há rompimento da camisinha, acidente com instrumentos perfurocortantes e em contato direto com material biológico.

Já a Profilaxia Pré-Exposição (PrEP), é o uso preventivo de medicamento antes da exposição ao vírus do HIV, reduzindo a probabilidade da pessoa se infectar com vírus. A PrEP, deve ser utilizada se você acha que pode ter alto risco para adquirir o HIV, por ter relações sexuais sem camisinha.

O gerente do Programa IST/ Aids, Almir Santana, ressaltou a importância de ver a camisinha como a prevenção fundamental na prática sexual, embora, também acha importante que a sociedade entenda o que é, e onde procurar a PrEP e PEP. “É importante destacar que os métodos não servem como substituta à camisinha. Vamos começar a massificar a campanha e orientar as pessoas sobre o conhecimento da PrEP E PEP”, disse o médico.

Ainda de acordo com Santana, a pessoa exposta a relação sexual sem camisinha, tem que seguir algumas orientações. “Para funcionar, a PEP deve ser iniciada logo após a exposição de risco, em no máximo 72 horas, por isso, a pessoa deve procurar imediatamente um serviço de saúde que realize atendimento de PEP, assim que julgar ter estado em uma situação de contato com o HIV.  Há necessidade  de ser tomada a medicação por 28 dias , e tem 90 % de eficácia”, acrescentou.

Onde buscar

O gerente do Programa IST/ Aids fez um levantamento de locais onde é possível encontrar a PEP no Estado. “Fiz um levantamento com relação à PEP Sexual, e cheguei à seguinte informação, os locais que disponibilizam São: em  Estância,  Hospital Regional Dr. Jessé de Andrade Fontes; Itabaiana- Hospital Dr. Pedro Garcia Moreno Filho; Lagarto – Hospital Universitário de Lagarto; Propriá- Hospital Regional São Vicente de Paula; Simão Dias- UPA 24h Pedro Valadares; Aracaju: Hospital de Pequeno Porte José Franco ( Augusto Franco) e Hospital Nestor Piva (Zona Norte – Maranhão ).

Como conta Almir, em Aracaju é possível buscar a PrEP no Hospital Universitário (HU). “Uma unidade de referência é o HU, a pessoa deve fazer o  cadastro , após exames e avaliação o profissional de saúde vai dizer se  ele tem condições ou não de receber a profilaxia”, explicou.


Fonte: Com informações da SES