Sergipe

10/01/2020 às 14h17

Turista francês é preso após chamar funcionária e proprietário de hostel de ‘macacos’

Redação Portal A8

Nesta sexta-feira (10), um turista francês chamou uma funcionária e proprietário de hostel de “macacos”. O crime de racismo foi pontuado pela polícia no bairro Atalaia.

Segundo o boletim de ocorrência da Delegacia de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV), a equipe da polícia que estava fazendo patrulhamento de rotina na região foi acionada para atender uma ocorrência em um hostel.

Um turista, acompanhado da esposa, ambos da França, proferiu termos ofensivos de origem racial com a recepcionista do hostel, conforme aponta o boletim. De acordo com a ocorrência, as vítimas foram até a delegacia e relataram que o turista chamou a funcionária de “macaca”, “burra” e “analfabeta”.

Com o tumulto no local, o proprietário do empreendimento compareceu logo após aos disparos ofensivos feitos contra a funcionária. Contudo, o turista continuou e o chamou de “macaco maior”.

Após o ocorrido, os funcionários foram até a delegacia para noticiar o crime de racismo. A equipe de jornalismo da TV Atalaia acompanha o caso e durante a programação da emissora será exibida toda a matéria.