Sergipe

02/01/2020 às 13h11

Após Réveillon, Emsurb recolhe 32,21 toneladas de lixo na Orla da Atalaia

Agência Aracaju de Notícias

A manhã desta quarta-feira (1º), foi de muito trabalho para cerca de 325 garis e margaridas da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb). Logo após o encerramento das

Foto: Ascom/Emsurb
celebrações pela chegada do novo ano, na Orla de Atalaia, eles entraram em cena com serviços de limpeza, que resultaram no recolhimento de 32,21 toneladas de resíduos. Por meio desta ação, a Prefeitura de Aracaju proporcionou a aracajuanos e turistas um ambiente limpo e organizado, no primeiro dia de 2020.

Espalhadas em pontos estratégicos, as equipes atuaram com a varrição e coleta do lixo em diversas frentes de trabalho nas principais vias da região, de forma que o trânsito pudesse fluir, tão logo fosse liberado pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT).

Já na extensão da faixa de areia, as atividades foram direcionadas com o reforço no gadanhamento e, ainda, com o uso da máquina saneadora, no sentido de garantir um bem-estar às pessoas que mantêm o hábito de renovar as energias com o banho de mar. As ações de limpeza foram concluídas por volta das 9h.

De acordo com o diretor de Operações, Bruno Moraes, a empresa municipal preparou um cronograma de ações diferenciado para finalizar com mais agilidade os serviços de remoção manual do lixo. “Para esta operação estamos utilizando, além dos caminhões compactadores e caçambas, caixas estacionárias”,  informou o diretor.

Bruno explicou ainda que, durante as festividades, a Prefeitura manteve a preocupação de promover meios para que a população fizesse o descarte consciente. “A Emsurb  se empenha durante todo o ano em ações que estimulam a conscientização ambiental dos cidadãos, e na festa do Réveillon não poderia ser diferente, para isso, disponibilizamos na área da festa 110 lutocar, e um PEV (Ponto de Entrega Voluntário) com capacidade de 2.500 litros, que foram distribuídos nos locais de maior concentração de pessoas”, conclui.


Fonte: Agência Aracaju de Notícias