Sergipe

21/11/2019 às 15h24

Guarda Municipal pode ganhar gratificação por apreensão de armas de fogo, segundo PL

Com informações da Câmara de Aracaju

Nesta manhã desta quinta-feira (21), por oito votos sim e quatro não, os vereadores da Câmara aprovaram, em primeira votação, o projeto de lei que trata da gratificação por apreensão de armas de fogo aos guardas municipais de Aracaju.

O vereador Cabo Amintas (PTB), autor da proposta, falou sobre a importância da apreensão de armas para a sociedade e a necessidade de valorizar os Guardas Municipais. “Esse projeto já existe em todo o Brasil, por isso afirmo que não há nada de inconstitucional, inclusive no projeto informamos de onde viria o dinheiro”, disse.

Cabo Amintas defende o projeto que está detalhado. “A arma que os guardas apreendem é a arma que pode matar a vida de um parente dos senhores. É a arma que pode tirar a vida dos senhores ao chegar em casa. Esses homens que se encontram aqui arriscam as vidas, assim como a Polícia Militar, então nada mais justo do que receberem essa gratificação. É importante ressaltar também que que mesmo que o número de apreensões seja dobrado o valor não chegará a dois mil reais”, acrescentou durante sessão.

Contudo, já o líder do prefeito na Câmara, Vinicius Porto (DEM) disse que o projeto deveria partir do Poder Executivo. “Antigamente tinha-se uma ideia de que o Guarda Municipal só servia para cuidar de prédios públicos, mas sabemos que eles cuidam das pessoas, da segurança pública. Quero dizer que o sindicato deveria procurar o prefeito para que pudéssemos analisar essa situação. Quero deixar claro que não sou contra o projeto, no entanto não é legislativo que deve se debruçar sobre isso e sim o Executivo”, rebateu.


Fonte: Com informações da Câmara de Aracaju