Sergipe

15/10/2019 às 14h53

Oportunidade de qualificação e emprego em mais uma edição do 'SuperaAção'

Assessoria do evento

O SuperAção, evento realizado pelo Fórum Estadual de Inserção da Pessoa com Deficiência e Reabilitada no Mercado de Trabalho, realiza mais uma edição na quarta-feira, dia 16, das 8h às 13h, na Praça Fausto Cardoso, e contará mais uma vez com a parceria da Prefeitura de Aracaju, por meio dos serviços da Fundação Municipal de Formação para o Trabalho (Fundat), que farão parte da programação do evento.

O evento foi criado com o objetivo de oferecer às pessoas com deficiência e reabilitadas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), oportunidades, qualificação e emprego com a perspectiva de incluir e valorizá-las no ramo profissional.

Serão ofertados serviços, como emissão de Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), cadastro de currículo, oferta de vagas de emprego, divulgação e inscrição para os cursos e oficinas de capacitação profissional. Além disso, ocorrerá inscrição do INSS, apresentações artísticas, orientações e informações previdenciárias.

Na programação, também haverá oficinas de orientação e mobilidade, Braile, Libras, juntamente com confecção de livros sensoriais e currículos que enriquecerão ainda mais o evento e o conhecimento das pessoas que buscarem por auxílio.

O evento também tem o apoio de outras instituições públicas e privadas que juntas buscam agregar e dar oportunidade para as pessoas com algum tipo de deficiência. Os estandes distribuídos pelo espaço fornecerão serviços direcionados que auxiliarão os participantes.

Importância social

A inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho é importante para que as possibilidades sejam as mesmas para todos, independentemente da condição imposta a cada indivíduo. A construção conjunta dos órgãos que apoiam o evento é de justamente fazer essa ponte entre oportunidade e necessidade.

O objetivo é estabelecer uma rede de discussão permanente com entidades públicas e privadas comprometidas em ampliar a qualificação profissional e empregabilidade da pessoa com deficiência (PCD). Para a presidente da Fundat, Edivaneide Lima, a participação do órgão é muito positiva. "Já não é a primeira vez que a Fundação faz parte, o evento já acontece há alguns anos. Conhecemos o objetivo e a importância do projeto, e participaremos de maneira efetiva oferecendo cursos, vagas de emprego, cadastros em nosso banco de currículos e emissões de carteira de trabalho, tudo de acordo com as necessidades existentes de cada pessoa", afirma a presidente.

Além disso, Edivaneide ressalta a sua satisfação pessoal em contribuir com o evento. "Eu tenho um viés muito ligado à área de Assistência Social, e nosso trabalho aqui na Fundat é muito voltado a isso. Particularmente, tenho muita felicidade como cidadã em estar colaborando no lugar e momento certo para ampliar a inclusão da pessoa com deficiência", conclui.


Fonte: Assessoria do evento