Sergipe

08/10/2019 às 16h23

Manchas de óleo ameaçam peixe-boi monitorado por biólogos de Sergipe

Mamíferos Aquáticos

Os técnicos da Fundação Mamíferos Aquáticos (FMA) informaram nesta terça-feira (8) que estão preocupados com a situação do peixe-boi Astro, que desde 1998 vive no Litoral de Sergipe, e pode ser afetado com as manchas de óleo espalhadas na costa nordestina. O equipamento de monitoramento do animal apresentou evidências do contato com a substância deixando a equipe em alerta.

De acordo com o coordenador da FMA, pequenas manchas foram encontradas em galhos de mangues e na beira da praia, locais onde Astro costuma passar. Os técnicos estudam a possibilidade do animal ser transferido para uma área mais segura e aguardam a chegada de mais uma equipe, com uma estrutura de rede e macas, para realização de uma possível transferência.

“Estamos recebendo tanto as coordenadas via satélite, como também em campo. A nossa equipe está acompanhado os deslocamentos das manchas e avaliando os riscos diretos para o animal. Nós já identificamos um local, que havendo a necessidade ele será capturado e transferido. Isso está em processo de avaliação”, explicou o coordenador.

A FMA está em alerta também com a movimentação das manchas que podem atingir o capim-agulha, um dos alimentos do Astro.


Fonte: Mamíferos Aquáticos