Sergipe

28/08/2019 às 17h52

Brasil conquista 3º lugar geral em Mundial de profissões técnicas, na Rússia

Unicom/FIES

A delegação brasileira conquistou o 3º lugar geral no quadro de pontos da WorldSkills Competition em Kazan, na Rússia, a olimpíada mundial de profissões técnicas. Ao todo, foram duas medalhas de ouro, cinco de prata e oito de bronze, além de 28 Certificados de Excelência em seis dias de competições entre as 56 modalidades, com mais de 1.350 competidores de diferentes ocupações e países que simularam as atividades do dia a dia do trabalhador nas diversas áreas da indústria e de serviços.

O Brasil foi representado por alunos do SENAI e o resultado alcançado pelos brasileiros comprova o alto nível de conhecimento e domínio no uso das tecnologias mostrando para o mundo a excelência da educação profissional no Brasil.

“Além do número de medalhas, o padrão de qualidade que nós demonstramos, nesta edição, em Kazan, em 73% das ocupações, o Brasil estabeleceu um padrão de excelência. Ou seja, a cada quatro competidores brasileiros, três têm referência da WorldSkills, o que é muito bom, o que nos coloca entre os melhores do mundo”, pontua o diretor-geral do SENAI, Rafael Lucchesi.

O competidor do SENAI Sergipe, Gabriel Vieira, ficou entre os melhores do mundo após competir na modalidade – Arte 3D Digital para Games – e recebeu Certificado e Medalha de Excelência, ficando acima da média da maioria dos competidores da modalidade.

Gabriel competiu com colegas de 11 países a exemplo da China, Singapura, Rússia, Canadá, Coréia do Sul, Índia, Finlândia, Reino Unido, Espanha, além de Hong Kong. Ele é aluno do SENAI em Sergipe, da cidade de Estância, e estuda na escola de ensino médio e técnico do SESI - SENAI “João Batista da Rocha”.

A ida do competidor sergipano ao Mundial contou com o treinamento e orientação do instrutor do SENAI Sergipe e Expert Internacional da ocupação Jogos Digitais 3D, Reginaldo Reis, que percebeu e valorizou o potencial do aluno e planejou os treinamentos. “Foi uma jornada espetacular, um caminho cheio de desafios. Representar o Brasil na maior competição de educação profissional do mundo é sem dúvida muito enriquecedor. Estamos felizes por nosso aluno Gabriel de apenas 16 anos ter conquistado a medalha de excelência, isso mostra a excelência em sua dedicação, determinação e foco no resultado”, comemora Reginaldo Reis.

Para a gerente de Educação Profissional do SENAI Sergipe, Silvia Delmondes, a conquista serve de exemplo aos jovens, mostrando que podem sonhar pois existe caminho para grandes conquistas quando se desafiam. “Esse resultado comprova que o SENAI transforma o futuro dos jovens, desenvolvendo competências técnicas e habilidades socioemocionais para a vida e para a formação do cidadão que será o profissional qualificado pronto para atuar no mercado de trabalho em qualquer lugar do mundo tendo o perfil necessário à indústria 4.0 em plena 4ª Revolução Industrial”, ressalta a gestora.


Fonte: Unicom/FIES