Sergipe

23/08/2019 às 14h11

Cope atua em uma tentativa de homicídio e salva vida de vítima no Santos Dumont

SSP/SE

Na tarde desta quinta-feira (22), policiais civis do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope), que estavam realizando levantamentos investigativos no bairro Santos

Foto: SSP/SE
Dumont, Zona norte de Aracaju, se depararam com uma tentativa de homicídio. O suspeito, identificado como Raphael Machado Lima, estava perseguindo a vítima e efetuando disparos de arma de fogo em sua direção.

De acordo com as informações, a ação policial aconteceu de maneira inusitada, por volta das 15h, quando os policiais estavam próximos a uma feira livre do bairro Santos Dumont. “O local da tentativa de homicídio ocorreu perto de um supermercado e de uma feira-livre. Havia muita gente na rua e após os tiros, houve uma confusão generalizada”, relata o delegado do Cope, André David.

Ainda segundo as informações policiais, foi necessária uma rápida e pronta intervenção da equipe do Cope, para salvar a vida do rapaz, que já estava ferido. “O Raphael estava com um revólver em punho e foi alvejado. Tanto a vítima, quanto o agressor foram socorridos e levados ao HUSE”, disse.

No hospital, a polícia conseguiu identificar a vítima como sendo Antônio Matheus Lima Santos. Apesar de ter sido atingido por quatro tiros, Antônio está em estado grave, mas sem risco de morte. “Até agora, o nome dado pela vítima não apresenta passagens pela polícia. Mas haverá uma averiguação de sua verdadeira identidade”, explica o delegado. Já o suspeito Rafael, que já tinha passagens pela polícia por roubo e tráfico, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

O delegado ainda ressaltou que pediu apoio aos policiais do Batalhão de Radiopatrulha (BPRp), da Polícia Militar, que chegaram minutos depois e ajudaram a conter o tumulto e levarem os feridos para o hospital. O revólver usado pelo agressor foi apreendido com cinco munições deflagradas. O motivo do crime ainda será apurado e acrescentado ao inquérito após a vítima se recuperar dos ferimentos.


Fonte: SSP/SE