Sergipe

16/07/2019 às 13h40

Edvaldo lança força-tarefa de recuperação da cidade após as chuvas

Agência Aracaju de Notícias

O prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) lançou, na manhã desta terça-feira (16), o plano de recuperação da cidade após as fortes chuvas que atingiram Aracaju na semana

Foto: Ana Lícia Menezes/PMA
passada. Em ato realizado no conjunto Santa Lúcia, uma das localidades mais prejudicadas, o gestor municipal, acompanhado do governador Belivaldo Chagas, anunciou que vários serviços serão realizados em todo o bairro Jabotiana, que inclui os conjuntos JK, Sol Nascente e Largo da Aparecida, além do Santa Lúcia, com o objetivo de devolver a normalidade à região. Além disso, Edvaldo agendou com os moradores uma reunião no dia 29 de julho para discutir soluções definitivas para os alagamentos.

Em cinco dias, durante a semana passada, o índice de chuvas na capital atingiu os 350 mm, o triplo do previsto para o mês de julho. As fortes precipitações pluviométricas também foram registradas em várias cidades do Estado, levando ao aumento da vazão do rio Poxim, ocasionando assim alagamentos mais severos no bairro Jabotiana. Na maior parte de Aracaju, os transtornos foram menores, uma vez que o trabalho preventivo da atual gestão, de limpeza de canais e desobstrução da rede de drenagem, foi essencial para que a cidade suportasse bem as chuvas.

“A partir de hoje, a Prefeitura inicia um processo de recuperação da cidade, com foco inicial no bairro Jabotiana. Aqui faremos uma força-tarefa de limpeza das ruas e praças, desobstrução da rede de drenagem, limpeza dos canais, operação tapa-buraco e recapeamento, além da intensificação do combate ao mosquito causador da dengue. No restante da cidade, o foco estará na operação tapa-buraco, pois as nossas vias ficaram muito estragadas. Ampliamos as equipes e esperamos em até dois meses concluirmos este trabalho de recuperação”, afirmou Edvaldo.

O prefeito ressaltou que está em discussão com o governo estadual sobre a necessidade de uma obra de desassoreamento do rio Poxim, para que, no futuro, novos alagamentos não aconteçam. “A Prefeitura fez todo o trabalho preventivo, com a limpeza dos canais e a desobstrução da rede de drenagem, tanto que áreas que sempre alagaram, agora suportaram bem, o que provou a efetividade do serviço. No entanto, o índice de chuvas foi muito alto. No Jabotiana, a situação se agravou por causa da cheia do rio Poxim. Por isso, entendemos que é necessário realizar uma obra de dragagem, para ampliar a capacidade do rio. Mas é uma obra que precisa ser realizada em parceria com o governo do Estado e com recursos do governo federal. Isto é fundamental”, disse Edvaldo.

O governador Belivaldo Chagas (PSD) elogiou a atuação de Edvaldo durante o período das chuvas. “Aracaju tem prefeito”, frisou. Ele disse que, desde o primeiro momento, tem somado esforços com a Prefeitura para enfrentar este momento. “Trabalhamos em união. A Defesa Civil Estadual, o SAMU e o Corpo de Bombeiros estiveram presentes na cidade auxiliando o bom trabalho que a Prefeitura vinha desenvolvendo”, afirmou.

Diálogo com a população

Após o lançamento das ações, o prefeito dialogou com a população do conjunto Santa Lúcia presente no ato. Ele também visitou a Associação de Moradores da localidade, quando deixou agendada uma reunião para o próximo dia 29, quando se discutirá soluções para o problema dos alagamentos. A presidente da associação, Cláudia Souza, comemorou a definição do encontro.

 “Queremos uma resposta para a comunidade. As chuvas provocaram danos para todos, então temos que encontrar soluções para que o povo não sofra tanto. Dia 29 teremos uma reunião com o prefeito para discutir justamente isso”, declarou.

Edvaldo também esteve no Largo da Aparecida, onde 73 famílias desabrigadas foram alojadas nos prédios da Prefeitura. Na área, a administração municipal tem prestado toda a assistência para cerca de 200 pessoas, com alimentação, material de higiene, atendimento médico, emissão de documentos, além de apoio para limpeza das casas.

"Trabalho excelente", diz representante do governo federal

O secretário nacional da Defesa Civil, Alexandre Lucas, também acompanhou o prefeito nas visitas. Ele elogiou o trabalho realizado em Aracaju.“O trabalho está excelente, a gente percebe que há uma preocupação com  as pessoas que estão sofrendo, o que é o mais importante, e que existe uma  organização, desde o abrigamento até a confecção de novos documentos para quem perdeu, além da liberação de kits de limpeza. A presença do  prefeito, com suas equipes de Assistência Social, da Defesa Civil de Saúde, de limpeza urbana, mostra que o Sistema Municipal de Defesa Civil de Aracaju está funcionando e que as pessoas estão sendo assistidas com oportunidade”, destacou o representante do Governo Federal.

Ação efetiva

Cerca de 400 trabalhadores começaram a atuar no bairro Jabotiana a partir desta terça-feira. São equipes da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), Empresa de Obras e Urbanização (Emurb), Superintendência de Transporte e Trânsito (SMTT),Secretaria da Saúde, Secretaria da Defesa Social (Defesa Civil e Guarda Municipal) e Fundação de Formação para o Trabalho (Fundat).

A Emsurb está presente com 31 equipes, que realizam serviços de capinagem, roçagem, pintura de meio fio, varrição, limpeza de canal, limpeza de residências, roçagem mecanizada, recolhimento de entulhos, lavagem de ruas e casas, limpeza de praças, recolhimento de móveis, materiais descartados e lixo, além de plantio e poda e apoio nas ações de drenagem do Largo da Aparecida. A Emurb atua com seis equipes, para operação tapa-buraco, terraplanagem, limpeza de fossa, drenagem e desobstrução.

A Saúde disponibilizou dois médicos, três enfermeiros, três técnicos de enfermagem, 13 agentes de saúde, além de técnicos do Centro de Zoonozes, Vigilância Sanitária e Vigilância Epidemiológica, para realização de atendimento às pessoas, avaliação sanitária, visitas às residências, controle de animais. A Defesa Civil está vistoriando casas e prédios. Já a SMTT organizou o trânsito. A Fundat está expedindo Carteiras de Identidade e do Trabalho, cadastrando currículo e oferecendo corte e escova de cabelo.

“É um trabalho conjunto que intensifica as ações que já realizamos cotidianamente. De modo que estamos presentes para reforçar estes serviços e garantir que a população possa voltar para suas casas com tranquilidade e estas regiões tenham suas vias recuperadas e limpas”, explicou o presidente da Emsurb, Luiz Roberto Dantas.


Fonte: Agência Aracaju de Notícias