Sergipe

17/04/2019 às 07h39

Onze pessoas são presas em operação contra o tráfico de drogas em Lagarto

Com informações da SSP/SE

 

Foto: SSP/SE

 

A Polícia Civil deflagrou nas primeiras horas desta quarta-feira, 17, a Operação Dissuasão, com o objetivo de cumprir 10 mandados de prisão preventiva, 14 mandados de busca e apreensão e dois mandados de internação provisória contra adolescentes infratores. A investigação durou seis meses e foi coordenada pela Delegacia Regional de Lagarto.

Segundo informações da delegada Michele Araújo, responsável pelas investigações, a Operação Dissuasão foi desencadeada após seis meses de investigação sobre atuação de traficantes na cidade de Lagarto. "O índice de crimes envolvendo tráfico de drogas é alto e isso é preocupante porque pode desencadear  na prática de outros crimes como roubos e homicídios. Nós objetivamos um combate mais aprofundado da questão do tráfico até como forma preventiva da prática de outros delitos", destacou.

O objetivo da ação é cumprir 26 mandados judiciais de prisão e busca e apreensão contra traficantes que agem na região Centro-Sul do Estado. Até o momento foram presas 11 pessoas. O foco principal das vendas do grupo criminoso era a cocaína, mas também havia a comercialização de outros tipos de drogas, como a maconha e o crack. Alguns dos alvos já tinham passagem pela polícia.

Nove dos 11 suspeitos foram encaminhadas à delegacia para que as medidas cabíveis sejam tomadas: Cristian Menezes Silva, Indiana Nascimento dos Santos, Jivalter de Almeida Souza, Jackson Machado Júnior, Kelly Rayane Souza Fontes, Landson Silveira Xavier, Robson José dos Santos, Rogério Augusto Silva Santos e Ronaldo Dias do Nascimento já estão sendo ouvidos. A operação tem previsão de permanecer ao longo do dia.

Foto: SSP/SE

Um dos líderes da associação criminosa já foi condenado pelo crime tráfico de drogas quando foi preso durante a Operação Chordata, desencadeada pela Polícia Civil no ano de 2010. Ao ganhar liberdade, o traficante retomou as vendas de drogas no município, associando uma grande quantidade de pessoas ao mundo do tráfico.

Dezenas de policiais civis da capital e do interior do Estado participam da operação que foi batizada de dissuasão em alusão ao convencimento forçado que a polícia pretende impor aos traficantes. De acordo com a delegada Michele Araújo, parte desse grupo criminoso foi desmantelado há nove anos, mas se articulou e retomou suas atividades criminosas, necessitando de nova intervenção da polícia.


Fonte: Com informações da SSP/SE