Sergipe

18/01/2019 às 18h26

Central de Transplante de Sergipe recebe doação de múltiplos órgãos

Agência Aracaju de Notícias

A Central Estadual de Transplante (CET), gerida pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), informou nesta quinta-feira, 17, que recebeu uma doação de córneas, fígado e

Foto: Ascom/SES
rins, graças à parceria com o Hospital Regional de Itabaiana. O Serviço de Atendimento Móvel (SAMU) realizou o transporte do fígado e dos rins até o Aeroporto Santa Maria, que foram disponibilizados para o Sistema Nacional de Transplante e seguiram com destino a Fortaleza. As córneas serão transplantadas em pacientes do estado de Sergipe.

O doador, um jovem de 29 anos, deu entrada no Hospital Regional de Itabaiana, com quadro de intoxicação exógena por carbamato, popularmente conhecida como chumbinho. Ele chegou transferido de Propriá, já em estado muito grave, após parada cardíaca. Apesar da reanimação, o quadro evoluiu para um rebaixamento do nível de consciência. Depois de 24 horas foi iniciada a investigação, através de exames, e a confirmação da morte encefálica ocorreu após 72 horas.

Após diálogo da Organização de Procura de Órgãos (OPO) com a família, foi autorizada a doação. “A partir daí nos preparamos para realizar toda a logística com equipe de captação, quais os órgãos seriam ofertados, transporte do paciente para o Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE) e, no início da manhã desta quinta-feira a equipe credenciada pelo Ministério da Saúde (MS) composta pelos cirurgiões Dr. Antônio Alves Júnior e Dr. Luiz Bulhões realizaram a captação dos órgãos. A morte encefálica do doador foi confirmada no HR de Itabaiana e a captação dos órgãos realizada no HUSE”, explica a enfermeira da Central de Transplante, Flávia Noronha.

De acordo com o diretor técnico do Hospital Regional de Itabaiana e plantonista da UTI, Carlos Francisco Barroso Torres, os órgãos seriam captados no próprio hospital, mas como havia a possibilidade de doação do coração, o paciente foi encaminhado para o HUSE, que dispõe de máquina de circulação extracorpórea, necessária para realização do procedimento.

“Nós continuamos com o trabalho de manter o paciente estável, com os órgãos em funcionamento. Então entrei em contato com a regulação da ala vermelha que prontamente acionou o SAMU. Toda a gestão já estava ciente do quadro e colaborou extremamente para que tudo acontecesse de uma forma muito rápida. Infelizmente não conseguiram captar o coração, provavelmente por conta da parada cardíaca que pode causar lesão no músculo cardíaco. Participar disso tão ativamente, cuidando do paciente com toda a equipe envolvida no processo, foi muito gratificante”, comenta Dr. Carlos.

Foto: Ascom/SES
Doação

A Central de Transplante funciona no anexo do Hospital de Urgências de Sergipe (Huse) e o telefone para contato é (79) 3259-2899.

“Nós da Central de Transplante estamos muito gratos e felizes em iniciar o ano com mais uma doação de múltiplos órgãos. Nossos sinceros agradecimentos à família que autorizou a doação, à Secretaria Estadual de Saúde, ao Hospital Regional de Itabaiana, à Organização de Procura de Órgãos (OPO), ao SAMU 192 Sergipe e ao Hospital de Urgência de Sergipe – HUSE. A morte é um momento doloroso e difícil para família, mas neste momento de perda é possível beneficiar outras pessoas que estão sofrendo com a esperança de uma vida melhor ou mesmo continuar a viver. Doar é um ato de solidariedade, de amor”, ressalta a enfermeira Flávia Noronha.


Fonte: Agência Aracaju de Notícias