Sergipe

26/10/2018 às 16h02

NAT entrega certificados de informática básica a idosos no Espaço Cuidar Bugio

SEIDH

O Núcleo de Apoio ao Trabalho (NAT) da Secretaria de Estado da Inclusão Social (Seidh) entregou, nesta sexta-feira (26), 15 certificados de conclusão a idosos que participaram

Foto: SEIDH
do curso de informática básica no Espaço Cuidar do Bugio. Ao longo de uma semana, eles puderam aprender a usar o computador e suas ferramentas, se inserindo no mundo digital e melhorando sua qualificação profissional, para o caso de desejarem uma recolocação no mercado de trabalho. 

“Obter qualificação profissional é possível em todas as idades. Algumas dessas pessoas buscam uma nova chance profissional ou precisam se aperfeiçoar. Muitas delas ainda não estão adaptadas às novas tecnologias e esse curso de informática básica abriu os horizontes para esse público. Uma das missões do NAT é preparar as pessoas. Isso é gratificante”, comentou Sandra Magna Rezende, coordenadora de Trabalho e Emprego da Seidh. 

Durante o mês de outubro, as Oficinas de Qualificação Profissional do NAT disponibilizaram 600 vagas, distribuídas em seis oficinas e quatro cursos. As ações foram realizadas na sede do NAT e os cursos no laboratório de informática aconteceram no Espaço Cuidar Bugio. 

Aidênia Alves de Sousa Viana, 57, conta que tomou conhecimento do curso através da imprensa. Ela já participou de outras oficinas no Espaço Cuidar Bugio e, dessa vez, se inscreveu para enriquecer o seu currículo com mais um curso disponibilizado pelo NAT. “Essa oportunidade foi muito boa para mim, que tinha medo de computador. Tirei minhas dúvidas. Como sempre, uma excelente ação do NAT e só tenho a agradecer”, disse. 

Wagner Batista, 59, também agradeceu a oportunidade de conhecer mais sobre informática básica. Na sua opinião, lidar com computadores ainda é um problema para muitas pessoas que têm dificuldade, mas não tiveram oportunidade de aprender. “Através dessa oficina pudemos evoluir no aprendizado na informática básica e acabar com os medos do computador”, relatou.


Fonte: SEIDH