Sergipe

20/10/2018 às 09h32

Suspeito de assassinar trans é preso no centro de Aracaju

Redação Portal A8

Foto: PM/SE
O homem acusado de matar a trans Laysa Fortuna foi preso na manhã deste sábado (20), ele foi identificado como Alex Cardoso da Silva, de 33 anos, natural de Alagoas. Segundo a delegada responsável pelo caso Meire Mansuet, informou ao portal A8SE que ele foi preso pela polícia militar na praça Fausto Cardoso, no centro de Aracaju.

Ele é morador de rua e trabalha como flanelinha do centro da capital. O mandado de prisão foi solicitado pela delegada responsável pelo inquérito e expedido pela justiça, por volta das 15h desta sexta-feira (19). Ele foi encaminhado para a 4ª Delegacia Metropolitana e será encaminhado para o sistema prisional de Sergipe ainda hoje.

Segundo a delegada, a conduta do delegado que registrou o boletim de ocorrência na noite do crime, também vai ser investigada pela corregedoria da polícia. A informação é que o inquérito deve ser concluído na próxima segunda-feira (22).

Relembre o caso

A transexual Laysa Fortuna, de 25 anos, que foi agredida e atingida com uma facada no tórax não resistiu aos ferimentos e faleceu no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse).

O crime aconteceu no Centro de Aracaju, por volta das 22h. O caso foi registrado na delegacia do conjunto Augusto Franco, ainda durante a noite, e o agressor foi preso, mas liberado em seguida, por que, segundo a presidente da Associação das Travestis Unidas na Luta pela Cidadania, o delegado constou lesão corporal leve.