Sergipe

16/10/2018 às 16h11

Polícia inicia monitoramento de falsos crimes envolvendo crianças e adolescentes que estão circulando na internet

SSP/SE

A Secretaria da Segurança Pública do Estado de Sergipe informa que está atenta e iniciou monitoramento dos casos de "fake news" que estão sendo indevidamente publicados em redes sociais e divulgados em grupos de aplicativos de mensagens instantâneas com o objetivo de disseminar o pânico em relação a delitos envolvendo crianças e adolescentes, a exemplo de falsos sequestros, homicídios e lesões corporais contra o público infanto-juvenil. 

A SSP alerta ainda que o cidadão deve evitar o compartilhamento de informações sem que conheça a procedência, tendo em vista entender que muitas das falsas notícias podem estar sendo divulgadas de forma indiscriminada.  

“Segundo informações do Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis de Aracaju, o único registro envolvendo o desaparecimento de criança com suspeita de rapto foi realizado ontem, resultando na prisão em flagrante delito do autor. Trata-se de um caso pontual, onde uma pessoa cuja sanidade mental se questiona, teria levado a criança do bairro Coroa do Meio e localizada horas depois no bairro Santos Dumont. Nenhum outro caso foi registrado no Departamento”. 

Por fim, a SSP reforça que qualquer situação verdadeira de crime deverá ser levada ao conhecimento da Polícia Civil e da Polícia Militar, por meio do registro da ocorrência na delegacia mais próxima em que estiver ocorrido o delito ou ligando para o 190. Além disso, esclarece que não estão ocorrendo registros de desaparecimento de crianças e adolescentes da forma plural e desordenada como apontam as falsas informações divulgadas.

 


Fonte: SSP/SE