Sergipe

11/08/2018 às 07h23

Sergipe registra protestos no Dia do Basta

Redação Portal A8

Movimentos sindical e social, estudantes, partidos de esquerda e trabalhadores ocuparam alguns pontos de Sergipe para protestar contra o aumento do desemprego, a volta

da miséria no País, o aumento do preço do gás de cozinha e dos combustíveis, o aumento da mortalidade infantil, cortes de políticas públicas e ainda o fechamento da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen). Os protestos foram feitos nesta sexta-feira (10).

 

Logo no início do dia, lideranças sindicais e militantes do movimento social estiveram na porta da Fafen, em Laranjeiras, num protesto unificado contra a privatização. Em Aracaju, os previdenciários organizaram outro ato contra os cortes na saúde e educação, em frente ao núcleo estadual do Ministério da Saúde e, paralelamente, nas agências do INSS.

 

No período da tarde, servidores públicos fizeram uma caminhada pelas ruas do Centro, partindo da Praça General Valadão e encerrando na Praça Olímpio Campos. De acordo com a organização do movimento em Sergipe, no Dia do Basta, os professores organizados no Sintese e no Sindipema aprovaram paralisação, seguindo orientação da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação (CNTE).