Sergipe

01/06/2018 às 18h57

Campanha de vacinação contra a gripe é prorrogada até 15 de junho

Secretaria Municipal da Saúde

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) faz um alerta para que os grupos prioritários da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza continuem procurando as

Unidades de Saúde da Família (USF’s) para receber a imunização. Isso porque o Ministério da Saúde (MS) prorrogou a vacinação do público-alvo até o dia 15 de junho, a fim de que fosse atingida a meta de imunizar 90% do grupo.

De acordo com a coordenadora do Programa Municipal de Imunização, Tânia Nunes, até hoje, 1º de junho, foram vacinadas cerca de 124.800 pessoas em Aracaju, ou seja, somente 64% das pessoas inseridas no grupos prioritários. “Principalmente as gestantes e as crianças menores de cinco anos devem procurar a vacinação, pois até agora só 46% deste público foi imunizado. As pessoas que vivem com comorbidades, como diabéticos, hipertensos e renais, também devem aproveitar a prorrogação da vacinação e procurar uma USF para evitar pegar a gripe, pois estes problemas pioram muito o quadro de saúde”, informou.

A coordenadora chamou a atenção dos aracajuanos para a importância da imunização, com as medidas que devem ser tomadas para melhorar os índices, e lembra dos dois óbitos que ocorreram no estado com a gripe H1N1. “Precisamos melhorar a nossa meta. Para isso, nós estamos montando estratégias para alcançar o público-alvo através de parcerias. Neste momento, estamos fazendo os trâmites burocráticos para poder ofertar a imunização em lugares populares, onde a circulação de pessoas é bem maior”, explicou, acrescentando que os professores já foram quase todos imunizados e 75% dos idosos também.

Das 44 USF’s existentes em Aracaju somente as unidades Irmã Caridade, no Povoado Aloque, e José Calumby Filho, no Jardim Centenário, não estão imunizando. As demais estão ofertando as vacinas normalmente, dentro dos horários de funcionamento.

Vacinação nos shoppings

Durante o próximo final de semana, dias 8 e 9, a SMS montará estandes nos shoppings Jardins e Riomar para intensificar a vacinação dos grupos prioritários. Segundo a coordenadora da Rede de Atenção Primária, Monalisa Fonseca, a ideia é atingir a população que tem dificuldade de acesso ao serviço durante a semana.

“Pensando em quem ainda não conseguiu se vacinar por causa da correria do dia a dia, firmamos parcerias com os dois centros comerciais para montarmos pontos de imunização, que funcionarão sexta e sábado, das 10h às 17h. Lembrando que apenas as pessoas que fazem parte dos grupos prioritários poderão receber as doses, mas que após o dia 15, o quantitativo restante em nossa rede será disponibilizado à toda população de Aracaju”, detalhou.

Público-alvo

Os grupos prioritários para receber as doses da vacina são as pessoas a partir de 60 anos;  crianças de seis meses a menos de cinco anos; trabalhadores da área da saúde; professores das redes pública e privada; mulheres gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto); indígenas; pessoas privadas de liberdade (incluindo adolescentes cumprindo medidas socioeducativas); profissionais do sistema prisional e portadores de doenças que aumentam o risco de complicações em decorrência da influenza. A única contraindicação da vacina é para as pessoas que possuem alergia severa a ovo.


Fonte: Secretaria Municipal da Saúde